Quer platinar o cabelo? A gente tira todas as suas dúvidas!

Como lidar com o antes, durante e depois e ainda duas dicas de produtos indispensáveis.

Os cabelos platinados nunca saíram do radar das fashionistas e, de tempos em tempos, diversas celebridades apostam nos fios extremamente claros. Porém, tomar a decisão de adotar este visual não é tão simples porque a transformação não costuma ser barata além de ser bastante agressiva para os fios.

Conversamos com a cabeleireira Regina França, da L’oreal Profissionel, para entender todas as etapas, riscos e recomendações do processo.

Antes

Mesmo com tecnologias e novos produtos, é preciso entender que platinar o cabelo vai ressecá-lo e podemos apenas prevenir que o dano não seja tão grande. Antes de escolher este procedimento, é preciso saber com o que você está se comprometendo. “É preciso usar produtos de qualidade, de uso profissional, para tratar o cabelo no dia a dia. E isso pode mexer no bolso”, Regina já avisa. “A forma de pentear e secar também tem que ser diferenciada”.

Está disposta mesmo assim? Então o ideal é começar a proteger os fios mesmo antes de chegar ao cabeleireiro. “Geralmente eu peço para que 15 dias antes a cliente faça um tratamento de reconstrução intenso, para que esse cabelo não resseque demais. Uma linha que eu gosto bastante de indicar é a Pro Fiber, da L’Oreal. É interessante porque não precisa ser feita no salão, pode ser em casa mesmo”.

Leia mais: Karlie Kloss, Jennifer Lawrence, Kristen Stewart e mais famosas estão platinadas

Durante

Não dá para pensar em começar a descolorir o cabelo inteiro sem fazer uma mecha teste. “O processo da descoloração eleva o clareamento do cabelo ao máximo. Por isso, é necessária a mecha teste. Ela irá indicar se o cabelo tem saúde, resistência e se ele clareia o suficiente”, explica a cabeleireira. “A quebra dos fios é um dos maiores riscos de começar sem testar”.

A cor do seu fio natural é um grande indicativo de sucesso no processo. Cabelos muito escuros ou ruivos são mais complicados do que os loiros naturais. “Só o teste irá indicar se tem como mudar o tom. Alguns tons de preto não clareiam nem com o descolorante por causa da quantidade de pigmento que existe no cabelo”.  Outro grande receio de aderir ao platinado é o efeito da química em cabelos cacheados. “Existe uma grande chance dos cachos se desfazerem, é um fato”.

Um dos lançamentos mais recentes da L’Oreal é o tratamento SmartBond, linha que ajuda a evitar a sensibilização, criando uma proteção maior na hora de descolorir. “Ele é essencial para químicas em geral no cabelo, mas principalmente em platinados”, conta Regina. A linha tem dois produtos: um para ser usado durante o tingimento, misturado ao descolorante, e o outro é um pré-xampu para aplicar nos fios recém-platinados.

O platinado também altera muito a quantidade de frizz dos fios, por causa do ressecamento. “Por isso é interessante que, pelo menos nos primeiros 10 dias, use o secador. Se o cabelo secar ao vento, ele ficará com muito mais frizz”, a hairstylist dá a dica.

Leia mais: 5 dicas para ajudar o cabelo tingido a crescer

Depois

A lista de cuidados pós-salão é bem grande, mas não impossível. A primeira é na hora do banho. “É bom substituir o condicionador pela máscara, que possui uma ação maior de tratamento”, explica. Um truque é levar uma toalha de rosto para deixar ao lado do chuveiro e tirar o excesso de água antes de aplicar a máscara. Depois, deixá-la por 10 minutos e lavar de novo. “O importante é sempre começar a pentear das pontas para a raiz, sem força. Principalmente nos 15 dias pós a cor”.

A escolha de qual máscara usar também é importante: “A maioria das pessoas indica apenas uma máscara de reconstrução e o cabelo pode acabar ficando muito rígido”. Para fugir disso e garantir elasticidade, Regina divide: “Existe um cronograma capilar que é interessante para a recuperação: na primeira semana, usar a reconstrução toda vez que lavar os fios e, depois, intercalar com uma máscara de nutrição. Uma dará força e a outra ajuda a deixar mais emoliente e macio”.

E cuidado com ferramentas como chapinha e babyliss! “Nos primeiros dias, em que o frizz é mais intenso, é normal ir diretamente na chapinha. Mas o uso diário pode quebrar o cabelo com o excesso do calor em uma fibra capilar sensível”.

Para finalizar, é preciso tomar cuidado em situações de muita exposição, como piscina, praia e academia, onde o suor pode ressecar ainda mais o cabelo. “No sol, é interessante sempre usar um bom protetor solar capilar. O calor em excesso acelera o desbotamento, deixando os fios mais dourados”, diz a cabeleireira. A dica dela é após entrar no mar, sempre lavar os fios com água mineral, mesmo que seja de uma garrafinha. “Para a academia, o ideal é usar um reparador de pontas ou um óleo antes de malhar, para bloquear a ação do suor em contato com os fios. Fazer um coque alto também ajuda, para que o suor que escorre pelo corpo não chegue perto das pontas, o local mais ressecado do cabelo”.

Já a piscina é polêmica: “Eu não aconselho quem tem cabelo platinado a entrar na piscina. O cabelo está muito poroso, então o contato com o cloro pode deixá-lo verde. Um truque para quem não vai abrir mão é: molhar os fios, passar um creme de pentear e um óleo reparador de pontas, em todo o cabelo. Depois do mergulho, é preciso lavar o cabelo com bastante água mineral, para tirar os resíduos e reaplicar a mistura. Mas isso é apenas uma prevenção, o cabelo ainda pode esverdear”.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s