Jeff Leatham é o florista preferidos das celebridades

Com clientes como Madonna, Jeff Leatham é o florista das celebs e fashionistas.

Jeff Leatham era modelo na Europa e, ao retornar aos Estados Unidos, precisava de um emprego. Mal sabia que, ao pedir ajuda a um amigo, acabaria se tornando um dos maiores floristas do mundo. “Consegui uma entrevista no hotel Four Seasons, em 1999, e trabalho para eles desde então”, lembra Leatham, que se tornou diretor artístico do George V, o endereço da rede em Paris.

O norte-americano tem a trajetória de um self-made man: não possui formação na área e, graças a seu talento – e a uma lista de clientes, que vai de Eva Longoria ao dalai-lama -, é um dos top profissionais do ramo. “Acho que sei fazer esculturas diferentes porque não me ensinaram um método para criar”, conta. “Aos interessados em seguir a carreira, não indicaria escolas e cursos. Ouvir alguém dizendo como agir bloqueia a criatividade.”

Com liberdade de sobra, ele acabou desenvolvendo sua própria técnica, batizada de “regra de três”. “Mantenha-se sempre simples, clean e chic, não misture mais de três cores e opte por no máximo três tipos de flores em um buquê”, explica. “Também gosto de arranjos inclinados, quase caindo para fora do vaso. É a minha marca registrada.”

Ligado no mundo fashion, ele já decorou lojas, desfiles e showrooms de marcas como Elie Saab, Givenchy e Burberry. “Grande parte dos estilistas já fez alguma coleção inspirada nas cores, no romantismo ou no desabrochar das pétalas.”

Jeff é a prova de que a profissão está em alta: ele estrelou um reality show e publicou três livros, além de assinar uma linha de produtos para a casa.

Quem quiser ver a obra do florista pode ficar de olho na decoração de Natal dos shoppings Iguatemi e JK Iguatemi, em São Paulo, e na vitrine de final de ano da Bloomingdale¿s, em Nova York.

Ficha técnica

Áreas de atuação: festas, vitrines, arranjos em casa e flores para delivery.

Outros profissionais: Vic Meirelles, Helena Lunardelli, Mark Colle, Shane Connolly.

Valores: lá fora, os floristas ganham por hora, começando com cerca de 20 dólares. Por aqui, o salário fica na faixa dos 1,5 mil reais, mas grandes decorações podem custar mais de R$ 20 mil.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s