6 cenários impressionantes de desfiles e suas curiosidades

100.000 orquídeas, um foguete, um parque de diversões e outras ideias inusitadas das passarelas da temporada

No outono de 1989, Martin Margiela mudou a forma como a moda era encarada nas passarelas. O desfile da temporada aconteceu em uma associação feita para a diversão de crianças que moravam por perto, em um bairro norte-africano nos subúrbios de Paris. Os assentos eram escolhidos por ordem de chegada, a primeira fila estava repleta de crianças e não havia piso. Enquanto o mundo ardia por shows cada vez mais bem construídos, Margiela criou um evento econômico — pelo imóvel abrigar uma associação, não era possível pagar o aluguel em dinheiro. Como uma devolução do favor pelo empréstimo da área, Martin e Jenny Meirens levaram as crianças para uma viagem ao interior da França, onde desenvolveram atividades criativas com os pequenos.

Hoje, 28 anos depois, os fashion shows continuam querendo desafiar e impressionar quem assiste — seja ao vivo ou através das telas. Para passar a mensagem de sua coleção, porém, algumas marcas fazem produções cinematográficas: na última temporada, por exemplo, a Chanel criou sua própria estação espacial dentro do Grand Palais em Paris e, no final do evento, o foguete até “decolou”. Confira, abaixo, alguns cenários oníricos e suas impactantes questões numéricas:

1. Ralph Lauren

Desfile de inverno da Ralph Lauren, 2017 (Catwalking/Getty Images)

A marca americana criou um jardim encantado em sua flagship na Madison Avenue, em Nova York. Foram 1.500 horas para criar o set com as extravagantes flores, 15 floristas trabalhando em 24 turnos diferentes e impressionantes 100.000 orquídeas. O público pediu e o set ficou montado por 14 dias — ao contrário dos 4 dias inicialmente imaginados.

2. Marc Jacobs 

Desfile de inverno da Marc Jacobs em Nova York, 2017 (Dimitrios Kambouris/Getty Images)

Diferentemente de todos os outros desfiles da lista, não é o excesso de itens que impressionou nas passarelas da casa americana, que adornou as ruas com apenas duas fileiras de cadeiras metálicas dobráveis. O que chamou a atenção foi o fato das modelos desfilarem em plena avenida e continuarem caminhando no Park Avenue Armory, um edifício histórico nova-iorquino. Para esse feito, foram necessárias duas permissões administrativas da cidade. 

3. Tommy Hilfiger

Tommyland, o parque temático da Tommy Hilfiger na Califórnia (Grant Lamos IV / Stringer/Getty Images)

É fato que a label acertou ao traduzir a atmosfera de sua parceria com Gigi Hadid em um parque de diversões . Venice Beach, na Califórnia, foi palco de cerca de 15 patinadores, 16 skatistas, 4 ilusionistas, 8 músicos, 9 palhaços com pernas-de-pau e outros animadores. Foram 8400 m2 utilizados como set, e espetáculo não acabou por aí: o show precisou de 270 metros de passarela e 20 pirulitos customizados para a marca! 

4. Gucci 

Desfile ready to wear da Gucci em Milão (Vittorio Zunino Celotto/Getty Images/6 cenários impressionantes de desfiles e suas curiosidades)

A italiana foi uma das casas que mais aderiu ao dramatismo para escolher seu cenário, e ergueu sobre a catwalk um pirâmide espelhada de 8 metros de altura, inspirada na Pirâmide de Cestius, construída em Roma como uma tumba para Gaius Cestius. A edificação levou 21 dias para ser construída, e o túnel de acrílico colorido contava com 120 metros de extensão.

5. Chanel

Desfile de inverno da Chanel em Paris (Catwalking/Getty Images)

A construção do imponente foguete que impressionou o mundo da moda levou um mês – e foram necessários mais 8 dias para instalar todo o set dentro do magnífico Grand Palais. A passarela tinha dois metros de largura, impressionantes 270 metros de extensão e ainda era suspensa 64 cm acima do solo. O pódio, estrela do show, ficou coberto por uma neblina e contava com um metro e 200 cm de altura.

6. Yves Saint Laurent

Desfile de inverno da Saint Laurent em Paris (Catwalking/Getty Images)

A marca seduziu o público com uma instalação de 15 metros de altura em seu futuro HQ, e criou um mix entre o espaço cru da construção e um set industrial. Os mil metros quadrados demoraram 10 dias para serem devidamente preenchidos por instalações metálicas que deram o tom interessante ao ambiente.

 

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s