Demna Gvasalia não está surpreso com o sucesso da Vetements

O estilista mais hypado do momento disse que é mais fácil atingir as pessoas quando se fala de algo que elas já conhecem.

“Estamos usando novos instrumentos, novas estratégias para fazer as coisas de um jeito que funcione para a gente”, diz Demna Gvasalia em entrevista ao WWD. “Quando colocamos coisas mais estranhas em nossas coleções, nosso intuito não é o de ser disruptivo ou ‘do contra’. É simplesmente uma representação de quem somos.” O diretor criativo da Balenciaga e fundador do coletivo Vetements – duas das marcas mais hypadas do cenário fashion atual – falou ao portal sobre se equilibrar entre esses dois mundos ao mesmo tempo em que mantém uma visão realista da moda.

www.barneys.com @barneys

A post shared by VETEMENTS (@vetements_official) on

Deixando a modéstia de lado, o designer nascido nos tempos soviéticos da Geórgia declarou não estar surpreso com o sucesso da etiqueta que lançou depois passar anos trabalhando em marcas de luxo como Louis Vuitton e Maison Margiela. “É claro que as pessoas reagem melhor a algo que elas já conhecem. A Vetements sempre se baseou em roupas com as quais as pessoas são capazes de se relacionar. Inclusive, acho que esse é o motivo pelo qual o streetwear se tornou uma tendência tão avassaladora nos últimos anos. Ele fala com um público maior. As pessoas realmente entendem aquilo que estão vendo. Mesmo quando não conseguem digerir aquela imagem por completo, ainda são capazes de discernir: ‘ah, isso é uma parka, aquilo é um casaco trench’.”

#VETEMENTSxMANOLOBLAHNIK #VETEMENTSxCHAMPION www.net-a-porter.com @netaporter @thenativefox

A post shared by VETEMENTS (@vetements_official) on

Leia mais: Por que a Vetements é a marca da vez?

Seguindo esse raciocínio, ele está deixando de lado os seus dias de underground. Pelo visto, chegou a hora de ser mais pragmático. “Minha abordagem criativa está agora muito mais ligada com o que nós usamos, o que vestimos e como vestimos do que com uma cultura local específica”, diz fazendo alusão a sua posição de representante da estética pós-soviética na moda. “As boates, a vida noturna e tudo isso ainda fazem parte – sempre farão parte – do meu repertório, mas com certeza não são mais o elemento central daquilo que faço.”

Não importa se estamos falando de um vestido de alta-costura ou de um par de meias. Tudo é produto

Demna Gvasalia

Menos subcultura, mais design de produto“, resume.

“Eu quero realmente me afastar da moda”, comenta sobre a mudança de seu ateliê de Paris para Zurique. “A moda está muito focada nela mesma. Quase a ponto de esquecer a sua essência: o produto. Não importa se estamos falando de um vestido de alta-costura ou de um par de meias. Tudo é produto”, dispara.

@nordstrom

A post shared by VETEMENTS (@vetements_official) on

Durante a conversa, Gvasalia aproveitou para antecipar a inspiração de seus próximos lançamentos para a Vetements. Segundo ele, o uniforme de pessoas que trabalham nas montanhas (lenhadores, fazendeiros, etc.) será uma de suas referências. “Esqueça o look de flanela azul. Hoje, esses profissionais têm roupas utilitárias tecnológicas que levam em consideração a temperatura, a facilidade de se movimentar, a leveza e a resistência de seu material entre outros fatores.” Estamos ansiosos!

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s