Desfile inspirador convoca mulheres que lutam contra o câncer

Mulheres que estão lutando contra o câncer ou que já superaram a doença foram as modelos do desfile da AnaOno Intimates em parceria com a #Cancerland.

As semanas de moda estão cada vez mais inclusivas e assumindo que poder ser um ambiente político, representativo, empoderador e que luta por causas importantes.

Leia mais: Kanye West escalou uma modelo de hijab para estrear em seu desfile

O mais recente destaque nesse sentido foi o desfile da AnaOno Intimates em parceria com a #Cancerland, que colocou 16 mulheres que têm ou tiveram câncer de mama na passarela – muitas delas com as suas cicatrizes à mostra, em um verdadeiro ato de amor e autoestima.

O evento foi idealizado pela Art Hearts Fashion com o objetivo de trazer mais luz sobre um tema tão comum para o público feminino. A #Cancerland é uma organização não governamental que ajuda e apoia mulheres que sofrem de câncer de mama, enquanto a AnaOno é uma label de lingerie focada em criar peças que sejam funcionais e ajudem na recuperação da autoestima dessas mesmas mulheres.

desfile câncer de mama

(Arun Nevader/Getty Images)

Leia mais: Iniciativas que apoiam a luta contra o câncer de mama

Dana Donofree decidiu criar a marca depois de perceber que o mercado não era compatível com mulheres como ela, que sofreram com a doença e passaram por cirurgias de remoção e reconstrução das mamas. Por isso, ela criou itens pensados especialmente para quem tem essas necessidades e uniu não só a funcionalidade como a autoestima na jogada: a ideia foi criar peças bonitas e confortáveis, que ajudam cada uma de suas clientes a se sentirem melhores consigo mesmas.

desfile câncer de mama

(Arun Nevader/Getty Images)

“Eu sei que muitas dessas mulheres [que desfilaram] têm muito orgulho dos seus corpos e do que eles precisaram superar, e também de suas cicatrizes e força. Ter essa coragem e disposição de mostrar para o mundo como o câncer de mama realmente é foi uma oportunidade incrível para toda a nossa comunidade”, disse Dana para a revista Self.

desfile câncer de mama

(Arun Nevader/Getty Images)

Por conta disso, a passarela da marca, em si, foi muito diversa: contava com mulheres que passaram por mastectomias duplas ou unilaterais, que optaram por fazer a reconstrução das mamas ou não, ou ainda que tiveram apenas uma porção dos seios removido como parte do tratamento.

desfile câncer de mama

(Arun Nevader/Getty Images)

Comentários
Deixe uma resposta

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s