“Está faltando diversidade no America’s Next Top Model”

Danielle Brooks de Orange Is The New Black desabafou na legenda de uma foto em seu Instagram depois de assistir o programa.

Danielle Brooks, que faz o papel da carismática Taystee de Orange Is The New Black, estava assistindo a um episódio do novo America’s Next Top Model para prestigiar sua amiga Ashley Graham – modelo plus size – quando um detalhe a incomodou profundamente. Apesar da bancada de juradas contar com a top fora dos padrões, a realidade das participantes no entanto era bem diferente.

[This is not a bashing of any sort but an observation that wouldn't allow me to hold my 👅 ] As a plus woman being seen only 1% of the time is a real thing. Period. After watching #ANTM last night I was super excited to see my girl Ashley Graham but bummed out not to see any plus contestants. A curvy judge but no curvy contestants? 😕 Out of all 28 girls not one was plus. You had an Asian, African, a red head, transgender, an androgynous sister, even twins…(much love for that) but not 1 plus size woman-when 67% of women are plus in the US?? This could've been a perfect opportunity for them to highlight fabulous designers that also do plus fashion or highlight strictly plus designers that rarely get any shine. They could've also highlighted the struggles that come with being plus. We could've at least gotten to 2%. The plus competitor would've been able to lean on the fact that a reflection of herself (Ashley Graham) was in the room reminding her that her dream IS possible. All these things still would've moved us forward, and would've done more than me posting an IG post. Regardless, We are worth these incredible opportunities. We deserve to be seen. I'm going to continue to push back and speak up for that young girl that wants to model, wants to act, wants to be upfront and needs to be reminded that she is just as deserving as anyone else. ✌🏾️💋 #seethe67 #voiceofthecurves

A photo posted by Danielle Brooks (@daniebb3) on

Leia mais: A “Beyoncé do Japão” quer mudar a relação do país com o plus size

Incomodada e chateada com a falta de representatividade, Brooks foi até o Instagram e fez o desabafo na legenda de uma foto. “Como uma mulher plus-size, eu sei que ser ignorada é uma coisa real. Depois de assistir #ANTM noite passada, eu estava muito animada ao ver minha amiga Ashley Graham, mas fiquei decepcionada por não ver nenhuma concorrente plus size. Uma jurada com curvas, mas nenhuma participante? De 24 garotas, nenhuma! Eles colocaram uma asiática, uma negra, outra ruiva, uma transgênero, uma andrógina e até mesmo gêmeas, mas nenhuma gorda sendo que 67% das mulheres são plus-size nos Estados Unidos“.

E não para por aí, a atriz ainda pontua que o programa perdeu a oportunidade de destacar estilistas, fotógrafos e stylists que trabalham com profissionais de todos os tamanhos. Sempre atenta, ela ainda prometeu que vai continuar apontando os problemas em relação a esse assunto nas redes sociais.

Comentários
Deixe uma resposta

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s