Esta nova marca de sapatos entendeu o real significado de nude

Com o lema "10 tons, 1 missão", Kahmune criou várias tonalidades para colocar mais diversidade e representatividade no mercado.

Encontrar o nude perfeito nunca foi tarefa fácil, especialmente se você é uma mulher negra. Afinal, não faz muito tempo que um dicionário americano tinha como sua definição da palavra “uma cor que se aproximasse da pele de uma pessoa branca”. Os meses passaram e muitas marcas começaram a reavaliar as suas ofertas de produtos nude com a intenção de abranger o maior número de tons de pele possível. Christian Louboutin, por exemplo, foi um dos que criou uma linha recheada de sapatos, que aumenta a cada temporada. A etiqueta de sapatos Kahmune, porém, nasceu como resposta a essa falta de oferta no mercado..

Leia mais: Batom nude para todos os tons de pele

Com dez tons de nude diferentes, a label britânica foi criada por Jamela Acheampong por uma questão de necessidade: ela passou anos em busca de peças nude que combinassem com o sua pele negra. “Desde o começo, a ideia da marca é oferecer uma opção para todas as mulheres”, explicou ela para a ELLE norte-americana. “A ideia da diversidade e, mais importante ainda, da inclusão, ainda é um problema muito grande nas indústrias da moda e da beleza. A motivação é oferecer tons de nude para combinar com peles mais escuras, mas eu senti que era importante que todos os tons de pele estivessem representados”.

Prepping for the new year. #wholesquadshere #nudegoals

A photo posted by 10 Shades.1 Mission (@kahmune) on

Depois de muita pesquisa, Jamela chegou a dez tonalidades que receberam o nome de uma cidade do mundo (como Juda, no Sudão do Sul, e Enugu, na Nigéria).

Leia mais: Louboutin lança nova coleção com sapatos para todos os tons de pele

#Gaborone, #Enugu, #Kumasi, #Douala, and #Juba

A photo posted by 10 Shades.1 Mission (@kahmune) on

“É importante reconhecer que há um significado maior por trás do nome ‘nude’. Ela não é uma cor específica e não há por que oferecer produtos ‘nude’ apenas em alguns tons. Isso significa que as demais cores não são dignas de reconhecimento? Ou menos bonitas? Eu estou cansada de ouvir que as mulheres precisam se encaixar em um padrão ou ser de um certo tom de pele. Muitas mulheres são julgadas como muito pálidas ou muito escuras. E eu, com certeza, não assino esses estereótipos”.

Comentários
Deixe uma resposta

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s