Gigi Hadid e Lena Dunham dizem que o “corpo perfeito” não existe

A modelo e as duas atrizes estiveram ao lado de outras mulheres do esporte para um painel sobre a campanha #PerfecNever da Reebok.

Já não é de hoje que Gigi Hadid tem, a sua maneira, lutado contra os padrões de beleza. Ela, que já rebateu as críticas a respeito da sua forma, agora também é uma embaixadora em prol da aceitação e contra um ideal de ‘corpo perfeito’.

A modelo se tornou a porta-voz de uma nova campanha da Reebok que tem como objetivo promover uma relação saudável das mulheres com o próprio corpo, incentivá-las a serem ‘mais humanas’ e versões melhores de si mesmas.

Leia mais: Modelo cansa do Instagram e resolve desmascarar seus posts

O evento de inauguração da campanha #PerfectNever aconteceu na última semana e contou com uma palestra com a própria Gigi, Lena Dunham, Ruby Rose, a ginasta Aly Raisman e a musicista Zöe Kravitz. O foco do painel de discussão, moderado pela comentadora de baseball Jessica Mendonza, uma pioneira no ramo, era destrinchar a definição do que é perfeito em relação à aparência feminina e celebrar as “imperfeições” que contribuíram a essas mulheres chegarem onde estão hoje.

Leia mais: 7 modelos que já se posicionaram contra os padrões de beleza

“No fim das contas, a aparência de uma pessoa é apenas uma opinião”, disse Gigi. “Quando eu estou na academia, é muito melhor ouvir ‘Nossa, esse foi um soco incrível’ [quando ela pratica boxe] em vez de ‘Nossa, ela fica tão bem fazendo isso’. Você encontra as pequenas coisas que não são baseadas em opiniões; aquele foi um bom soco porque foi um bom soco. E você é uma boa pessoa porque você é uma boa pessoa”.

As seis mulheres também conversam sobre a influência das redes sociais na autoestima feminina – Gigi até mesmo vai tirar um mês de folga de todas elas no ano que vem – e como muitas decidiram não dar mais atenção para os comentários a seu respeito justamente porque sabem que ali vão encontrar muitas críticas negativas e até xingamentos.

Leia mais: Como grupos do Facebook contribuem para o feminismo

“É difícil. É muito difícil, mas nós precisamos ter compaixão por essas pessoas que falam coisas negativas porque elas não estão felizes”, completou Zoë Kravitz.

Gigi Hadid, Lena Dunham e Ruby Rose se unem para provar que o corpo perfeito não existe

(Getty Images/Getty Images)

Zöe explicou também sobre a importância de as mulheres serem mais gentis consigo mesmas e com os outros, e como o mundo agora precisa de muito mais gentileza para fazer a transição de um lugar tão dominado pelo ódio e pelo machismo para outro com um futuro otimista e melhor, mesmo que ainda exista um longo caminho pela frente.

Leia mais: 5 bandas e cantoras feministas brasileiras que você precisa conhecer

“Como mulheres, nós temos que estar sempre felizes. Se você assistir ao Super Bowl, se o quarterback não vence, ele pode ficar triste. Eu acho muito injusto com nós, mulheres, porque parece que não podemos demonstrar emoções, mas os homens podem ficar de mau humor”, disse Aly.

Mesmo com as dificuldades que enfrentaram ao longo do caminho, todas elas concordaram que não existe um motivo para se sentirem mal com o que aconteceu com elas no passado, principalmente porque foi todo esse histórico que as levou a onde elas estão hoje:

“Eu não mudaria nada na minha infância porque esse período me ensinou muito. Todo aquele tempo que eu passei trabalhando em mim mesma, as outras meninas e meninos passaram fazendo bullying comigo e dando atenção para mim e não para eles próprios. Tudo o que todas as pessoas falaram sobre mim no passado foi o que me trouxe tão longe na minha carreira”, disse Ruby.

 

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s