Hedi Slimane processa a Saint Laurent

Parece que as coisas andam feias entre Hedi Slimane e seu antigo emprego. O ex-designer da Saint Laurent está processando a Kering, holding que detém a maison e outros nomes como Gucci e Balenciaga. O motivo é que, pouco antes do fim do contrato do estilista, a empresa retirou uma cláusula que impedia Slimane de trabalhar em outras marcas de luxo, mas ao mesmo tempo compensava essa restrição com um valor em dinheiro. A fim de continuar recebendo da Saint Laurent, Slimane pede para que a clásula permaneça válida, o que dá a entender que ele ainda não tem um novo posto no mundo da moda.

A holding confirmou o andamento da ação judicial e ainda disse que a escolha de Slimane não afeta no reconhecimento que eles têm pelo designer que segundo o grupo, “reformou a maison durante sua permanência de quatro anos como diretor criativo”.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s