Karlie Kloss fala sobre o seu programa de códigos para garotas

Há três anos, a top mantém o Kode with Klossy, em escolas norte-americanas, que ensina códigos de computação para jovens mulheres.

Há um ano como garota-propaganda da Swarovski, Karlie Kloss conversou com ELLE sobre o primeiro aniversário ao lado da marca e mostrou a mais nova coleção de inverno da joalheria, a Urban Fantasy, que você confere na edição de julho (leia matéria completa na página 44 da revista).

Nós aproveitamos todo o papo com a top, para falarmos também sobre o seu projeto tecnológico, o Kode with Klossy, que há três anos tem ensinado códigos de computação para garotas norte-americanas, estudantes do ensino médio.

Segundo a modelo, os resultados têm sido mais do que surpreendentes e animadores. Confira na entrevista abaixo:

Você está comemorando um ano como representante da Swarovski no mundo. Durante este tempo, você já interpretou Marilyn Monroe, Audrey Hepburn e se cobriu inteira de cristais só para citar algumas das colaborações. O que a sua imagem tem levado de novo para a joalheria?
Eu acredito, acima de tudo, que compartilhamos de valores bem parecidos. Nós cultuamos aquilo que é de família, o comprometimento com o que é inovador e também uma preocupação total em pautas como a sustentabilidade, por exemplo. Tem sido uma parceria que me orgulha muito de participar e que me deixa animada sempre a cada temporada.

E ao longo deste último ano o que mais de icônico aconteceu na sua vida?
Sem dúvida alguma a minha iniciativa com os códigos, no programa Kode with Klossy. Ele está completando três anos agora e tem crescido mais do que nunca. Eu sou muito grata a todos que apoiaram e apoiam esta causa.

Neste verão, por exemplo nós já expandimos o programa para mais 15 campi, em outras 10 cidades do país. Isso significa que mais de 300 garotas têm conhecido o poder de trabalhar com códigos de computação, criando até aplicativos. Tem sido uma grande jornada e eu não posso esperar para ver os desdobramentos disso no futuro.

Koding With Klossy (& Koffee!) #klosstin

A post shared by Kode With Klossy (@kodewithklossy) on

Você acompanha de perto todas as participantes do programa e o que elas conseguem desenvolver através dos códigos? Até agora, alguma história especial te chamou mais a atenção?
Nos últimos anos tem sido um privilégio enorme, para mim, acompanhar de perto as estudantes e tudo o que elas conseguem produzir através dos códigos. Uma das minhas histórias preferidas é a da Sowmya Patapati. Ela foi uma das primeiras a ingressarem no Kode with Klossy, ainda no começo do projeto, lá em 2015.

Ela foi a ganhadora do prêmio Disrupt New York Hackathon, de 2017, ao lado de outras duas secundaristas. Elas competiram com mais de 750 engenheiros formados no ensino superior e ganharam o primeiro lugar! As três criaram um aplicativo de realidade virtual que ajuda no diagnóstco e no tratamento do transtorno do deficit de atenção.

#KodeWithKlossy New York City, 2016

A post shared by Kode With Klossy (@kodewithklossy) on

O que você acha sobre os statements (posicionamentos e bandeiras levantadas), principalmente entre as marcas de moda e as pessoas que trabalham com moda? Você acredita, por exemplo, que a moda pode promover assuntos como a diversidade e a tolerância?
Promover a diversidade, a tolerância e a bondade nunca foi tão importante como se é hoje. Eu acredito que todos nós devemos aprimorar e compartilhar mensagens como estas. A arte e a moda têm a habilidade de aproximar pessoas e essa é uma das minhas partes preferidas de estar presente nessa indústria.

Para finalizar, e ainda sobre o Kode with Klossy, você tem alguma dica para quem está interessado em construir um projeto como este?
Quando você se esforça, segue as suas paixões e se cerca de pessoas que te apoiam e te inspiram, você não pode acreditar o que irá alcançar. Exatamente por isso, tem sido extremamente gratificante trabalhar com o Kode with Klossy.

Eu sinto que faço ao menos uma pequena parte, ao assegurar que jovens mulheres tenham a oportunidade de aprender sobre códigos de computação e que, assim, tenham uma voz ativa no futuro. Para mim, conseguir associar os meus interesses a um projeto que auxilie outras pessoas é algo realmente motivador.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s