Olivier Rousteing recruta modelos, it-girls e celebs para bombar a Balmain

Como um diretor criativo que tem a liberdade e a ousadia de posar nu para a revista gay francesa Têtu, não é de espantar que a Balmain esteja sempre buscando novas maneiras de surpreender o mundinho da moda. Aos 29 anos, Olivier Rousteing vem inflamando a maison com suas criações, provocantes e cheias de sex appeal. Somente no ano passado, ele colocou modelos devorando junk food em uma campanha, brigou contra a censura e o preconceito e ainda encontrou uma forma de unir a clientela elitizada da etiqueta de luxo com fãs mais jovens e descoladas – muito graças a sua conta no Instagram, em que compartilha os detalhes de sua vida jet-setter com seu 1 milhão de seguidores. 

No front dessa história está o Balmain Army, com uma verdadeira tropa de modelos, it-girls e celebridades que personifica o ideal de feminilidade power do diretor criativo. O conceito, que começou na campanha de inverno 2014 da marca, influencida pelo militarismo e que contava com cinco modelos negras praticamente desconhecidas, evoluiu para um fenômeno fashion, que hoje inclui nomes como Rihanna, Kim Kardashian, Kendall Jenner, Jourdan Dunn, Alessandra Ambrósio e a lista vai embora, contando até com uma divisão britânica por causa da loja que abriu recentemente em Londres – nela estão musas como Lily Donaldson, Lottie Moss e Poppy Delevingne. “Elas sabem se expressar. São fortes e independentes”, disse em uma entrevista sobre suas BFFs. 

Na primeira fila, na passarela, nas campanhas, em festinhas ao redor do mundo ou nas redes sociais, o exército de Rousteing está sempre a postos, devidamente vestido com todos os must haves de suas coleções. E o que ele ganha com isso? Uma nova imagem para a Balmain, que havia ficado sem rumo quando o antigo diretor criativo, Christophe Decarnin, deixou a grife e a moda após uma crise emocional. Aos 25 anos, Olivier era o braço direito de Decarnin e ocupou seu cargo de um dia para o outro – aproveitando a oportunidade como poucos, vale ressaltar. 

Quer mais? Leia a matéria na íntegra na ELLE de junho/2015!

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s