Para Denise Bidot, é possível acabar com os padrões de beleza

A modelo plus size é a fundadora do movimento #NoWrongWay e é a estrela da nova campanha da Lane Bryant.

A Lane Bryant — uma das referências mais importantes quando se fala de moda plus size e campanhas inclusivas — está com uma novidade para quem ama o jeans skinny, mas se sente insegura usando o modelo. O Super Strech Skinny Jeans, nova versão da etiqueta promete ficar bem em qualquer corpo. Várias modelos plus size estrelam os anúncios da grife, mas Denise Bidot é quem resume a proposta a temporada.

“Eu comecei a descobrir o poder de não cobrir as ‘áreas problemáticas’ do meu corpo”, disse em entrevista ao portal Fashionista. A ativista conta que conseguiu aprender a olhar para as próprias “falhas” e “imperfeições” e, ainda assim, se sentir bonita. “É muito impressionante ver como a indústria da moda está melhorando“, celebra. “Muitas coisas que antes não eram ‘ok’, agora estão sendo abraçadas e contempladas.”

lane-bryant_super-stretch-skinny

(Lane Bryant/Divulgação)

Em 2016, vale dizer, a top fundou o #NoWrongWay: um movimento online para ajudar mulheres a ter uma percepção mais carinhosa de sua própria imagem. Até porque, foi isso que fez com que ela conseguisse se tornar modelo. “Antigamente, eu queria ser atriz. Nunca pensei que poderia ser modelo, de fato. Achava que eu era muito baixinha e gorda“, relembra.

Eu comecei a descobrir o poder de não cobrir as ‘áreas problemáticas’ do meu corpo – Denise Bidot

Depois de trabalhar um tempo como maquiadora, ela foi convidada para fazer um shooting e, desde então, está sempre viajando de um ponto para outro do globo. “Estava no lugar certo e na hora certa, mas também me dei a chance de viver meu sonho. Hoje, posso dizer que estou vivendo-o.”

Model/mom/activist. Meet the unstoppable @denisebidot in #TheNewSkinny.

A post shared by Lane Bryant (@lanebryant) on

Entre algumas de suas estratégias para começar a entender o seu corpo de uma maneira diferente é começar a criar uma mentalidade inclusiva desde cedo. É o que Denise pratica com sua filha de apenas 9 anos de idade. “Precisamos fazer com que eles compreendam que são perfeitos exatamente como eles são“, diz. “Minha filha sabe que ela é linda.”

Newsletter Conteúdo exclusivo para você
E-mail inválido warning
doneCadastro realizado com sucesso!
Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s