Se você quer entender a geração millennial, conheça Adwoa Aboah

A jovem de 25 anos é a prova viva de que ser modelo em 2017 tem muito mais a ver com personalidade do que padrão de beleza.

Em outubro de 2014, a garota, que hoje é disputada por marcas como Dior, Chanel, Marc Jacobs, Coach, Versus (Versace), Topshop e Gap, tentou se matar por meio de uma overdose. Adwoa Aboah tem apenas 25 anos, mas, apesar da pouca idade, tem muito a dizer e precisa ser ouvida.

“Eu estava completamente perdida e tinha a sensação de que estava vivendo a vida de uma outra pessoa e não a minha” confessou em entrevista à revista britânica i-D. Mesmo tendo um background familiar privilegiado – os pais da inglesa são nomes respeitados no circuito da fotografia de moda e do agenciamento de modelos –, Adwoa teve de batalhar contra seus demônios para sobreviver a impulsos auto-destrutivos.

Com um histórico dolorido com drogas, a modelo disse que perder trabalhos e ser julgada pela aparência estavam entre os fatores que fizeram o seu quadro agravar. No entanto, depois de passar por três diferentes clínicas de reabilitação, a jovem descobriu o poder de cura da fala.

Em um de seus encontros para recuperação coletiva, a top percebeu que, por acaso, estava em um grupo composto 100% por mulheres. “Falamos sobre todas as coisas que temos vergonha de conversar na frente de homens, até sobre as coisas de que temos vergonha entre nós mesmas”, relembra. “Não havia nenhuma competição, nenhum julgamento, nenhuma represália.E assim surgiu a ideia do Gurls Talk.

A plataforma online criada por Adwoa serve para que garotas do mundo todo possam contar as suas histórias, serem ouvidas, compreendidas e ajudadas enquanto fazem com que outras meninas se sintam menos sozinhas. Relação com o próprio corpo, feminismo, empoderamento e outros assuntos são discutidos dentro do site e das redes sociais do projeto que, inclusive, até ganhou um super evento, em Londres, que aconteceu neste final de semana em parceria com a Coach e a revista Dazed.

I feel it fade. Thank you @alexanderwangny and @inezandvinoodh for having me in you're #ss17 Campaign.

A post shared by Adwoa Aboah (@adwoaaboah) on

“Meu objetivo com o Gurls Talk é fazer com que as meninas possam passar um tempo com mulheres com as quais elas podem se espelhar – artistas, escritoras, CEO’s – e que as inspirem a entrar em novos mundos depois da escola”, afirma. Fazer bem para os outros foi a maneira que ela encontrou de fazer bem para si mesma e de encontrar uma razão para estar viva. “Minha chama está acesa novamente”, disse a modelo que, antes, adorava a sensação que a ketamina – substância anestésica para cavalos – causava em seu corpo: amortecimento absoluto, desconexão completa.

The Theory behind holding a piece of glass. Modeling at its best. Thanks @theory__ #theorySS17

A post shared by Adwoa Aboah (@adwoaaboah) on

Sabendo que uma das maiores característica da geração millennial é o engajamento com causas que “podem mudar o mundo”, Adwoa parece se encaixar perfeitamente na descrição. Aliás, outro fator que costuma ser uma constante nos nascidos a partir de 1990 é a noção de que, se o mundo ainda não criou o que precisamos, nós podemos dar o primeiro passo para que isso se torne realidade.

Eu acho que a criatividade é uma ferramenta muito poderosa. Nunca pensei, por exemplo, que eu soubesse escrever bem. Mesmo assim, colocar umas palavras no papel foi terapêutico para mim e eu quero compartilhar isso com outras garotas”, diz. “Precisamos aprender a ser honestos com nossos sentimentos. É só quando conseguimos compartilhar os nossos pensamentos e sensações mais profundas que recuperamos o nosso poder.”

Assista abaixo ao vídeo em que a top se despe de suas roupas ao mesmo tempo em que despe sua alma para o site Style Like U. Imperdível e emocionante.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s