Tudo o que você precisa saber sobre o último dia de SPFW

A estreia da A.Niemeyer, a coleção sentimental da Amapô o encerramento da LAB.

Com uma coleção chamada Herança, a LAB encerrou a 43ª edição do SPFW e confirmou a conquista de um espaço inédito dentro do evento e do cenário da moda brasileira.

A coleção falava de muita coisa. De samba. Da cultura africana. De família. Da arte de contar histórias. De estéticas construídas a partir de experiências de vida e da valorização de tudo isso. Da verdade de cada um.

O trio formado pelos irmãos Emicida, Evandro Fióti e pelo estilista João Pimenta teve um reforço de peso. Dona Jacira, mãe da dupla de músicos, bordou uma série de peças da coleção.

Ela é artista plástica e artesã, inclusive já fez exposições com seus bordados complexos e poéticos, maximalistas, cheios de detalhes e mensagens. As peças únicas são mais do que especiais, meio roupa meio manto encantado. No final da apresentação, Emicida e Fióti entraram na passarela com Dona Jacira e o sambista Wilson das Neves. Os dois vestiam jaquetas com os trabalhos da matriarca. A imagem é forte e muito bonita.

lab-spfw-n43

LAB – SPFW N43 (Agência Fotosite/Agência Fotosite)

A história do samba e do streetwear aparece nas demais peças de maneira não-óbvia. Esqueça aquela coisa clichê pra turista, com leituras literais, exaltação óbvia do malandro e outras coisas que já nos cansamos de ver. O samba rap da marca tem bagagem mas é feito pra hoje. Um bom exemplo são os moletons risca de giz e o look streetwear todo branco, feito o terno dos bambas ou roupa para dias sagrados.

lab-spfw-n43

LAB – SPFW N43 (Ze Takahashi/Agência Fotosite)

Além de tudo isso, eles mantiveram o compromisso com um casting diverso e que ao contrário dos demais privilegiou modelos negros e fechou com a trans Valentina Luz.

É sempre interessante notar o quanto a mudança de sujeito faz diferença. O samba e a herança africana já foram temas de inúmeras coleções. Nesta, porém, o ponto de vista é outro, mais próximo, de fato vivido, o que se reflete nas roupas. É moda que caminha e observa em primeira pessoa, sem tentar pasteurizar o olhar.

Quando alguém se apodera de seu discurso legítimo, as ideias se propagam de forma mais clara. Seja com palavras, seja com roupas, seja com roupas que carregam palavras, literal ou simbolicamente.

Desde que a Lab entrou para o SPFW, temos a sensação de que algo de importante e novo está sendo dito e mostrado na moda brasileira. E de fato está. Não haveria melhor forma de encerrar essa edição.

lab-spfw-n43

LAB – SPFW N43 (Ze Takahashi/Agência Fotosite)

Outras duas marcas abordaram temas relacionados à família e ao feito à mão, porém com outros contextos.

Costurado à mão

A Amapô se inspirou na figura do palhaço para uma coleção sentimental, às vezes alegre, às vezes melancólica. Em um momento muito doce, a filha da estilista Carô Gold, Safira, e Henrique, filho do diretor do evento, Paulo Borges, desfilaram.

amapo-spfw-n43

Amapô – SPFW N43 (Marcelo Soubhia/Agência Fotosite)

Já a A.Niemeyer mostrou um trabalho impecável com tecidos  feitos em teares manuais, lãs cardadas e outras técnicas especiais. Quase todo construída em off white, a coleção fala de uma elegância clean e desconectada de tendências frenéticas, confortável e feita para durar. Uma boa estreia muito bem executada.

a.niemeyer-spfw-n43

A.Niemeyer – SPFW N43 (Ze Takahashi/Agência Fotosite)

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s