Uma ilustradora criou manequins que representam todas as mulheres

A mostra Imperfectly Perfect celebra os diferentes tipos de belezas femininas, misturando o melhor da moda e da arte.

A moda e a diversidade parecem estar, finalmente, se alinhando. Portanto, nada mais justo do que essa noção começar a aparecer em todas as vertentes do cenário fashion como o conhecemos. Esse é o propósito de uma nova exposição, chamada Imperfectly Perfect, que celebra a diversidade.

Desenvolvida por Rebecca Moses e Ralph Pucci, a mostra apresenta uma série de manequins de looks diversos, mulheres brancas, negras, asiáticas, de cabelos lisos e crespos, longos e curtos. É uma verdadeira ode aos diferentes tipos de beleza, representadas em manequins que são incríveis, mas têm características que normalmente são consideradas imperfeições, como um nariz torto, um pescoço muito curto, um queixo descentralizado.

Esta exposição celebra a diversidade feminina com manequins representativos

Leia mais: As meninas que estão mudando o mundo com a sua arte e cabelos afro

A ideia de Rebecca para a exposição era, a princípio, usar as suas ilustrações como um pano de fundo para as manequins nuas, mas ela logo percebeu que esse formato não funcionaria.

“Elas não são meninas do tipo que ficam nuas, elas são fashionistas. Elas se definem pelo cabelo e pela maquiagem e pelos adornos”, explicou para o WWD. Por isso, cada uma recebeu looks incríveis, chamativos e muito marcantes. Por isso mesmo, a exposição foi repensada e montada para parecer uma inauguração de uma exposição de arte e cada manequim ganhou até uma backstory para combinar com o clima e o evento.

Esta exposição celebra a diversidade feminina com manequins representativos

(Facebook: Ralph Pucci Internacional)

Leia mais: Novo fashion film da Prada mistura a arte e a moda em curta mudo

No total, são 29 ‘mulheres’ dispostas pela Pucci Gallery, emM Miami, como se estivessem observando o trabalho de Moses e aproveitando um momento que mistura o melhor da moda com a arte. A exposição estará oficialmente aberta ao público a partir do dia 13 deste mês, e ela promete, no mínimo, se sentir melhor representada em um ambiente que, por tanto tempo, limitou o que era ‘ser bonita’.

Comentários
Deixe uma resposta

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s