Yeezy Season 5: um novo Kanye West surge na NYFW

O rapper apresentou uma coleção sem muitos malabarismos cenográficos com foco total nas roupas feitas em parceria com a Adidas.

Desde que Kanye West estreou no mundo da moda, seu nome tornou-se uma polêmica constante no círculo fashionista. A fórmula de suas apresentações costuma ser sempre a mesma: megalomania cenográfica + casting com diversidade de corpos e etnias + Kardashians na primeira fila + longos atrasos + modelos coreografadas pela artista performática Vanessa Beecroft – que recentemente colaborou com a linha jeans da Valentino – e, por fim, roupas esportivas sem muita novidade.

Leia mais: Com modelos desmaiando pelo calor, críticos de moda definem o desfile de Kanye West como “pesadelo”

O inverno 2017 de sua marca – ou a Season 5, como ele prefere se referir às suas próprias coleções – no entanto, não teve quase nada disso e surpreendeu pelo fator que, em geral, fica à escanteio: a moda. Desta vez, surge um Kanye West que não liga única e exclusivamente para o que ele pensa. Há quem diga que essa nova postura foi moldada por uma série de fatores que vão do assalto a Kim Kardashian em Paris até a sua hospitalização por psicose temporária devido ao excesso de trabalho.

Assim, o Pier 59, em Nova York, deu espaço a um desfile com formato bastante tradicional – que começou pontualmente – a não ser pelos looks terem sido mostrados em 360º primeiramente num painel de LED, antes de pisarem na passarela. Lembrando que o casting também chama atenção. Além de uma modelo ter usado seu próprio hijab durante o espetáculo, influencers alternativos como Luka Sabbat, por exemplo, era um dos convocados.

Leia mais: 5 coisas para saber sobre Teyana Taylor, a estrela do novo clipe de Kanye West

Entre os destaques da coleção está o denim. Aqui, como era de se esperar, ele aparece mais largo e um pouco desgastado: um tratamento parecido com o que o designer dá aos seus moletons e tricôs. Desta vez, diferente das outras temporadas, West deixou o logo da Adidas aparecer. As três listras pontuam peças oversized e conjuntinhos em vinho e vermelho com ombros estruturados e, claro, as tradicionais botas over the knee da marca. Quase como uma lembrança de que ele não é o único responsável por fazer esse show acontecer…

Leia mais: Qual a importância de Kanye West na moda?

Não à toa, ele sequer saiu ao final da apresentação para ser aplaudido. Kim Kardashian se levantou e entrou no backstage escoltada por um segurança e foi só isso. Uma das críticas mais duras que o rapper recebeu sobre sua linha de roupas era a de que as pessoas só compram as peças por elas estarem associadas a seu nome, e não pela sua qualidade ou originalidade. Ao que tudo indica, ele está querendo virar o jogo.

Veja aqui os principais looks da coleção.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s