Ninguém apoiou a decisão de Cara Delevingne de raspar a cabeça

A modelo foi incentivada por seus agentes e empresários a desistir da ideia.

Cara Delevingne já provou que não tem medo de ousar no visual e quebrar alguns padrões de beleza. A modelo e atriz recentemente raspou sua cabeça para interpretar uma personagem com câncer no filme Life in a Year. Apesar dos milhares de comentários e notícias maldosas sobre sua nova aparência, Cara não se deixou abalar e ainda provou que beleza tem tudo a ver com atitude. O que ninguém esperava era que, na verdade, a ideia de raspar o cabelo partiu da própria atriz embora muitas pessoas quisessem convencê-la a desistir do corte.

“Antes mesmo de aceitar o projeto eu disse ao diretor que gostaria de raspar minha cabeça para o papel,” comentou no evento da Magnum e da Moschino, em Cannes. “Meus agentes e empresários não queriam que eu raspasse meu cabelo e não entendiam o motivo para eu fazer aquilo.” Mesmo com a insistência da equipe, Cara não desistiu da ideia e não teve medo das consequências que isso poderia trazer para sua carreira. “Eu precisava sentir como é não ter cabelo. Independente da sua aparência, é importante se sentir bonita, com ou sem cabelo. Ele não é importante. Na verdade, essa transformação provou ser uma das coisas mais libertadoras que já fiz. Eu gostei muito, tem sido maravilhoso.”

Leia Mais: Make de Cara Delevingne no MET levou glitter e cristais Swarovski

MTV-Movie-And-TV-Awards-cara-delevingne

(Matt Winkelmeyer/Getty Images)

Conhecida por seu jeito ousado e por sua personalidade forte, a modelo e atriz ainda comentou: “Eu acredito que esse é meu jeito de viver. Constantemente fazendo tudo: as coisas que mais tenho medo são as que eu procuro fazer. Os desafios que aparecem, seja a pressão que coloco em mim mesma ou que está ao meu redor – é tudo sobre ser valente e destemida e correr atrás do que você quer, não dar ouvidos ao que os outros pensam. Liberte suas feras, deixe seu animal sair. Somos todos animais.

Delevingne fez referência aos animais porque o evento em questão era a celebração da parceria entre Moschino e a marca de sorvetes Magnum, no qual Cara é a estrela. A colaboração tem como resultado um pequeno filme chamado Release the Beast (liberte a fera) e foi dirigido por Jeremy Scott.

Para ela “é importante se sentir bonita independente do que você está vestindo, continuar quebrando barreiras e testando os limites da moda. Eu acredito que a moda é incrível e está passando por grandes mudanças. Você pode se inspirar em tantas épocas diferentes – é uma verdadeira arte.”

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s