Produtos para pele com poros dilatados e excesso de oleosidade

Sofre com os poros dilatados e excesso de oleosidade? Resolva o seu drama com produtos sob medida

Produtos para pele com poros dilatados e excesso de oleosidade

Foto: xx

Pele totalmente lisinha, só a de bebês ou a tratada com Photoshop. Mas, se os poros dilatados e o brilho excessivo são a primeira coisa que você vê no espelho, está na hora de tratar desse problema. “A intensa atividade das glândulas sebáceas produz excesso de gordura, eliminada pelo canal folicular, levando à dilatação”, explica a dermatologista Meire Parada, de São Paulo. Além disso, resíduos de células mortas aumentam ainda mais o calibre dos canais. Ninguém merece, concorda?

Resultado de predisposição genética e fatores hormonais, a pele oleosa com micro-orifícios abertos tende a piorar com a idade, segundo Tom Mammone, bacharel em bioquímica e diretor de pesquisa da marca americana Clinique. “O rosto tem, em média, 300 mil poros, que, com o passar do tempo, ficam mais evidentes”, afirma. Isso acontece por causa da flacidez, que acentua a aparência dos furinhos. Mas será que dá para modificar o diâmetro? “Nascemos com determinado número de folículos pilosos (de onde saem os pelos) e glândulas sebáceas”, diz Meire. Isso não significa que o jeito é se conformar. Limpeza adequada, exfoliação suave, hidratação e nutrição mantêm a saúde dos poros. “Exfoliantes com ácido salicílico removem as impurezas, que, como se sabe, entopem e ampliam os orifícios”, aconselha Mammone. “Ativos como alfa, beta e poli-hidroxiácidos são eficientes em tônicos e exfoliantes”, acrescenta a dermatologista Cláudia Magalhães, de Recife. A engenheira química e cosmetóloga Sonia Corazza, de São Paulo, recomenda procurar no rótulo dos cosméticos ingredientes como sílica, zinco, ácidos tartárico e glicólico, capriloil glicina e melaleuca.

Tropa de choque

Na hora da limpeza da pele, mão leve no uso de limpadores e exfoliantes. “A pele é inteligente. Se for desengordurada além do necessário, ela manda uma mensagem indicando que está seca e precisa incrementar a produção do sebo. O resultado é uma oleosidade rebote”, alerta a dermatologista Alessandra Haddad, de São Paulo. “Para evitar esse efeito, recomendo o uso de exfoliantes com partículas muito pequenas, uma vez por semana ou a cada 15 dias”, conta Cláudia. A atenção deve ser redobrada na escolha de hidratantes, cremes anti-idade, filtros solares e maquiagem. Opte por produtos livres de óleo e com texturas leves, como loções, séruns e géis para não entupir os poros e gerar cravos e espinhas”, adverte Mammone.
 
Truques de efeito

Nada de submeter o rosto à água quente. Vapor e calor abrem os poros, o frio fecha. Se a higienização diária não deu conta do recado, apele para uma mãozinha qualificada. “Quando a limpeza facial é feita corretamente, os poros, alargados por impurezas, podem voltar ao diâmetro original. Manipulações inadequadas danificam a pele”, avisa Mammone. As consequências desse deslize? Cistos e cicatrizes. Outro grande aliado é o primer, que dá uma aparência matificada (mas não opaca) e deixa a pele aveludada, sem obstruir os orifícios. Com todos esses recursos, é possível, sim, ter uma pele quase perfeita – sem ser um bebê ou apelar para o Photoshop.

Camuflagem
 

Produtos para pele com poros dilatados e excesso de oleosidade

Foto: Divulgação

1. Primer Porefessional, Benefit, R$ 117.
2. Smoothing Primer, Sephora Collection, R$ 96.
3. Studio Secrets Primer, L’oréal, R$ 80.

Limpeza profunda

Produtos para pele com poros dilatados e excesso de oleosidade

Foto: Divulgação

1. Sabonete Purificante Puriance Profuse, Aché, R$ 23.
2. Clarifying Lotion, Clinique (pele oleosa), R$ 56.
3. Sabonete líquido Deep Clean Grapefruit, Neutrogena, R$ 12.

Hidratação, matificação e proteção

Produtos para pele com poros dilatados e excesso de oleosidade

Foto: Divulgação

1. Creme Lysalpha Matifiante, Svr, R$ 64.
2. Stick efeito mate Acqua-dry, Purainova, R$ 44.
3. Normaderm Tri-active Antiimperfeições, Vichy, R$ 66.
4. Hidratante Normalize Matte FPS 25, Ada Tina, R$ 78.

* Matéria original publicada em http://www.elle.com.br em fevereiro de 2012

* Preços pesquisados em janeiro de 2012

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s