Saiba os prós e contras de usar produtos com ácido no rosto

Se existe um ponto em que todos os dermatologistas concordam, esse ponto é: use protetor, sempre! Adotar o produto na sua rotina diária é a melhor forma de evitar o envelhecimento precoce e o câncer de pele, sem esforço.

Mas, segundo o Refinery29, muitos profissionais estão levando os cuidados à foto-sensibilidade um passo além, evitando prescrever para os seus pacientes produtos que contenham qualquer tipo de ácido na composição. Isso porque, apesar desses compostos terem as suas vantagens, eles também deixam a pele mais suscetível a luz, ou seja, é mais fácil ela ser afetada pelo sol.

Por que abolir os ácidos?

Uma das maiores esteticistas de Hollywood, Cristina Radu, explica para o site que os ácidos, apesar de serem muito usados para combater manchas na pele, problemas de acne e outras condições da pele, criam como que uma queimadura bem leve na pele toda vez que são aplicados. Por isso a sensação de que ela está muito mais sensível e, portanto, mais suscetível aos efeitos dos raios solares.

Por isso, Radu costuma desafiar os seus clientes a limitar o uso desses produtos, como aqueles com retinol, para duas vezes na semana. Se os seus pacientes percebem uma melhora considerável, eles podem decidir por eliminar os ácidos e apostar em outros tratamentos para fortalecer e cuidar da pele. O principal? Muitos dos seus pacientes perceberam que a derme ficou irritada com menos frequência, que tiverem menos espinhas e ficaram com um look muito mais natural e com aquele brilho de pele bem cuidada.

Em favor dos ácidos

Vale ressaltar, no entanto, que muitos dermatologistas não seguem a mesma teoria de Radu, considerada um pouco radical. Claro, a ideia de que a pele fica mais sensível por conta dos ácidos é real, mas apenas porque ele tira a pele morta da frente e deixa a pele nova, mais sensível, à mostra. O ideal é sempre aplicar um bom protetor solar diariamente, e reaplica-lo de tempos em tempos para garantir uma proteção total. Adotar um chapéu também não é uma má ideia, principalmente se você estiver fazendo um tratamento com ácidos.

No geral, eles afirmam também que é cientificamente provado que o uso dos ácidos certos para algumas condições no rosto tem vantagens inegáveis, desde que usados com prudência.

Ou seja, os ácidos não são malvados. Mas são muito prejudicais quando usados em excesso, assim como tudo na vida. Pacientes que exageram na dose podem sofrer de dermatite e outras irritações e, por isso, alguns dermatologistas recomendam que seus pacientes usem apenas um produto com ácido por dia, justamente para não pesar na pele.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s