40ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo começa amanhã

Comemorando sua 40ª edição, a Mostra Internacional de Cinema de São Paulo, acontece na capital e no interior do estado entre os dias 20 de outubro e 2 de novembro. Serão mais de 40 endereços abrigando a programação que conta com mais de 300 filmes de 50 países diferentes. O grande nome homenageado deste ano é o italiano Marco Bellocchio, com doze longas em exibição, além de dar uma aula aberta no dia 23 de outubro, no Cinesesc, às 17h30. Você pode conferir todos os filmes e horários aqui. A seguir, as escolhas de ELLE dentro da diversa programação do festival:

Animais Noturnos 

Divulgação Divulgação

Divulgação (/)

O segundo longa do estilista Tom Ford tem clima de suspense do começo ao fim. Amy Adams vive Susan Morrow, dona de uma galeria de arte que é assombrada por um mistério envolvendo seu ex-marido, interpretado por Jake Gyllenhaal.

Yohji Yamamoto, dressmaker

Divulgação Divulgação

Divulgação (/)

O estilista japonês ganhou um documentário na década de 1980 assinado por Win Wenders. Agora, ele é objeto de estudo de outro filme, assinado pelo diretor vietnamita Ngo The Chau, que conta ainda com entrevistas de familiares, amigos e parceiros criativos do designer de 73 anos.

SHOT! O Mantra Psico-Espiritual do Rock

Divulgação Divulgação

Divulgação (/)

Figura muito presente da cena musical roqueira da década de 1970, o fotógrafo Mick Rock é responsável por registros de nomes como David Bowie, Lou Reed e Iggy pop. No documentário dirigido por Barnaby Clay, o fotógrafo guia o espectador por suas histórias impressionantes e psicodélicas.

Divinas Divas

Divulgação Divulgação

Divulgação (/)

Estreia da atriz carioca Leandra Leal como diretora, o documentário relembra os 50 anos de carreira no palco da primeira geração de artistas trans do Brasil. Rogéria, Jane Di Castro, Divina Valéria, Camille K, Fujika de Halliday, Eloína dos Leopardos, Marquesa e Brigitte de Búzios desafiaram a moral e os bons costumes do país em época de ditadura militar e conservadorismo.

David Lynch: A vida de um artista

Divulgação Divulgação

Divulgação (/)

O documentário, assinado pelo trio Jon Nguyen, Olivia Neergaard-Holm e Rick Barnes, estreou no Festival Internacional de Veneza e gerou muita atenção internacional pela sinceridade dos depoimentos de Lynch no filme. Prestes a lançar uma nova temporada de Twin Peaks, série cult da década de 1990, confirmada para ano que vem, sua obra é revisitada continuamente por fãs e diretores obcecados pelo seu estilo enigmático característico.

 
Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s