As melhores exposições de moda ao redor do globo

Fizemos uma seleção imperdível das próximas exposições fashionistas ao redor do mundo para você incluí-las em seu roteiro de férias.

DE YOUNG / SÃO FRANCISCO / THE FASHION OF ISLAM

exposição_moda

 (Fine Arts Museums of San Francisco/Divulgação)

A exposição vai analisar como as mulheres muçulmanas se tornaram modelos de estilo dentro e fora de suas comunidades e atraíram a atenção do mundo para a vida islâmica contemporânea. As peças exibidas ilustram as diferentes maneiras de como a moda interpretou os elementos dessa cultura. Vão desde os hijabs (os lenços que normalmente cobrem o peito e os cabelos) feitos com cores básicas pela Uniqlo, as roupas esportivas e o burkini até a alta-costura de designers emergentes e estabelecidos, como Jean Paul Gaultier. De 22 de setembro de 2018 a 6 de janeiro de 2019.

FINE ARTS / MONTREAL / THIERRY MUGLER: CREATURES OF HAUTE COUTURE

exposição_moda

 (Museum Of Fine Arts - Patrice Stable/Divulgação)

Conhecido por seus cortes futuristas e suas silhuetas esculturais, o estilista francês Thierry Mugler ganha uma retrospectiva de seus trabalhos criados entre 1973 e 2001. São 130 figurinos, de materiais inovadores para a época, como metal, pele falsa, vinil e látex – a maioria nunca antes exibida ao público. A mostra propõe uma imersão em sua imaginação para desbravar os sonhos, as criaturas exóticas, o erotismo e a ficção científica de seus trabalhos. A partir de fevereiro de 2019.

VICTORIA & ALBERT / LONDRES / FASHION FROM NATURE

 (Victoria & Albert Museum/Divulgação)

A conscientização da moda com o uso de recursos naturais mais sustentáveis é um debate que vem tomando cada vez mais força. Que bom! Pensando nisso, o V&A abre uma mostra com 300 itens desde 1600 até os dias de hoje – mostrando a evolução da discussão. Ali estarão, por exemplo, o vestido Calvin Klein que Emma Watson usou no baile do MET em 2016, todo de garrafas de plástico recicladas, e um controverso par de brincos feitos com a cabeças de dois beija-fores, em 1875. Duas instalações interativas também compõem a exposição: Fashion Now e Fashion Future. A primeira trata do impacto das roupas no meio ambiente e a segunda traz a possibilidade de um futuro para a moda que ainda estamos imaginando. De 21 de abril de 2018 a 27 de janeiro de 2019.

IMS / SÃO PAULO / IRVING PENN

exposição_moda

 (The Irvin G Penn Foundation/Divulgação)

Após estampar as paredes do MET, em Nova York, as icônicas imagens fotografadas por Irving Penn vão ser exibidas em uma grande mostra no Instituto Moreira Salles São Paulo como parte da comemoração do centenário do norte-americano. A exposição terá mais de 150 peças – não só suas fotografias de alta-costura como também suas séries, incluindo trabalhos iniciais em Nova York, América do Sul e México, retratos de povos indígenas de Cuzco, no Peru, e retratos de figuras como Truman Capote, Picasso e Joan Didion. A partir de agosto de 2018.

MET / N Y / HEAVENLY BODIES: FASHION AND THE CATHOLIC IMAGINATION

 (Katerina Jebb/Divulgação)

Do Vaticano para Nova York, 50 obras eclesiásticas sairão da sacristia da Capela Sistina (muitas pela primeira vez) para o Metropolitan Museum of Art (MET). Vestes, anéis e tiaras papais do século 18 ao início do século 21 irão compor a mostra anual de moda do museu. Ela inclui ainda 150 peças de nomes como Balenciaga, Rei Kawakubo, Chanel e mais 40 designers, que assinaram peças com algum link com essa estética. “Inserimos essas obras para analisar sua conexão com a história do cristianismo material e sua contribuição para a construção do imaginário católico”, anunciou o museu. De 10 de maio a 8 de outubro de 2018.

FASHION AND TEXTILE / LONDRES / T-SHIRT

exposição_moda

 (Beth Postle/Divulgação)

Muito além de um item básico, as camisetas são objeto de valor com importância histórica. Na cultura de massa, o item se transformou em protesto com mensagens singulares, como a frase em negrito “We should all be feminists” estampada numa camiseta branca da coleção de verão 2017 da Dior. As relações entre T-shirt, política, arte, moda e tecnologia são exemplificadas por meio de mais de 100 peças das mais raras e influentes do século 20, incluindo originais de Vivienne Westwood e das Guerrilla Girls. De 9 de fevereiro a 6 de maio de 2018.

Newsletter Conteúdo exclusivo para você
Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s