Céu vai abrir a turnê de Tropix com shows em São Paulo

À ELLE, a cantora e compositora revela os detalhes por trás de seu novo disco que flerta com a música eletrônica.

Apesar de estar associada a uma sonoridade bastante brasileira, Céu explica que sempre ouviu Kraftwerk, pós-punk e glam rock – vertentes que inspiram o seu novo disco Tropix, lançado no dia 22 de fevereiro. Para dar o start em sua turnê, a artista escolheu o Sesc Pompeia, em São Paulo, que recebe três de seus shows (dias 28, 29 e 30 deste mês). “É um disco bastante voltado aos teclados e sintetizadores. O show vai acabar sendo bem parecido com ele. No entanto, é claro que a versão ao vivo tem uma outra imersão no universo do Tropix. Tem mais a ver com a questão estética, com o cenário e a roupa”, conta.

Falando em moda, a cantora confessa que está sempre ligada no que acontece no circuito. “Gosto muito dessa parte plástica do disco, acho que é um forte aliado à música.” Entre suas designers favoritas, por sinal, estão a francesa Sonia Rykiel e a brasileira Caroline Glidenn Gannon que, de acordo com ela, “faz umas coisas lindas com seda”. No figurino, é a ajuda da stylist Isadora Gallas que faz a diferença. “A gente senta juntas e decide tudo: desde os tecidos até o que os meninos da banda vão usar.”

Luiz Garrido Luiz Garrido

Luiz Garrido (/)

Ainda tem dúvidas de que o show de Céu vale a pena? O jornal New York Times publicou uma resenha do seu novo trabalho usando referências como Gal Costa, Radiohead e até Run DMC para descrever o som criado por ela. “Uma honra”, diz.

Depois de seu terceiro álbum de estúdio Caravana Sereia Bloom (2012), a cantora introspectiva demorou quatro anos para voltar aos holofotes com Tropix (2016). “Eu tenho que estar pronta para contar uma nova história. Tenho a necessidade de vivenciar o disco, dar um carinho para ele.”

Abaixo, você assiste ao primeiro clipe do álbum Perfume do Invisível. “Essa música conversa muito com o meu segundo trabalho – Vagarosa (2009) –, mas depois ele cresce e se torna outra coisa que tem mais a cara do Tropix.”

 

 

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s