Cinco razões para se inspirar em J.K Rowling

A escritora de Harry Potter marcou uma geração de jovens que leram avidamente as histórias do pequeno bruxo. J.K Rowling comemora hoje o aniversário de 50 anos e, mesmo após o fim da série de livros, ela ainda continua queridinha da mídia. Listamos cinco motivos que fazem dela uma musa inspiradora

1. Ela é fiel aos seus princípios.

Não existe hater na internet que faça JK repensar no que acredita. Sempre com muita classe, como manda a educação inglesa, a escritora dá ótimas respostas em seu Twitter. Um exemplo é a situação em que diminuíram a vitória da tenista Serena Williams, por conta do seu corpo musculoso e ela não se calou. Saiu em defesa de Serena e ainda fez piada com um dos comentários.

Reprodução Reprodução

Reprodução (/)

2. Trata de assuntos tabus com naturalidade

Uma polêmica foi criada quando, sem alardes, ela dividiu que sempre imaginou o personagem de Dumbledore como gay. Durante toda a discussão sobre a sexualidade do diretor de Hogwarts, ela continuou tratando o assunto do jeito que deve ser: sem sobressaltos, como algo normal.

3. Usa o seu tempo livre para trabalhos filantrópicos

 “Eu acho que nós temos uma responsabilidade moral, quando nós recebemos muito mais do que nós precisamos, de fazer as coisas sábias com ele [o dinheiro] e usá-lo de forma inteligente”, foi com essa declaração que ela anunciou em 2000 que estava criando o fundo Volant Charitable Trust, que usa  anualmente £5.100.000 para combater a pobreza e a desigualdade social.

Ela já escreveu um livro para crianças que só tem somente o pai ou a mãe, após se tornar mãe solteira e toda a renda de Contos de Beedle, o Bardo foi revertida para a sua instituição beneficente Lumos, de proteção às crianças órfãs. 

Outra preocupação da escritora é a pesquisa sobre esclerose múltipla, que foi a causa da morte de sua mãe. Ela contribuiu para a criação de um novo Centro de Medicina Regenerativa na Universidade de Edimburgo, na Escócia.

4. Rowling dá uma verdadeira aula de Twitter.

Dizem que a geração milênio é criada para as redes sociais, mas na comemoração do seu 50º aniversário, J.K mostra que isso não é verdade. Seu Twitter está sempre atualizado com assuntos do dia a dia e ela usa a plataforma para conversar com os seus leitores também. Talvez uma das melhores respostas até agora aconteceu quando um fã disse que esperava a carta de Hogwarts até hoje. Sua resposta foi: “Você recebeu a carta. Você foi a Hogwarts. Todos estivemos lá juntos.”

 

5. Ela não ficou presa à literatura infantil.

J.K Rowling lançou em 2013 um livro de romance policial sob o pseudônimo de Robert Galbraith e não contou para ninguém que era ela. O resultado? O livro foi um sucesso de qualquer jeito. Foi tão bem recebido que uma continuação está sendo feita para outubro deste ano.  O outro título pós- Harry Potter da autora, Morte Súbita, já até recebeu proposta para se tornar uma série da HBO.

 

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s