Meghan Markle é muito mais do que a noiva de um príncipe

Ela já é rainha sem nem precisar ser princesa.

Se fôssemos contar as mulheres que realizaram grandes feitos e que foram reconhecidas por eles, e não pelos seus pares na vida, conseguiríamos citar… bem… muito poucas, né? Simone de Beauvoir, por exemplo, sempre teve sua história romântica com Jean-Paul Sartre explorada ao extremo. Outras mulheres ficaram eclipsadas com o sucesso da pessoa que amavam — é o caso de Camille Claudel, companheira de Auguste Rodin, que sem seu suporte nunca teria desenvolvido suas famosas obras de arte.

Mas essa história está mudando. Logo após a notícia de que Meghan Markle e o Príncipe Harry selaram um compromisso de casamento, sua trajetória e seu trabalho a favor dos direitos humanos vieram à tona. Mesmo que muitos tablóides britânicos tenham tentado difamá-la, é indubitável que sua contribuição ao feminismo e à sociedade no geral falam mais alto.

Segue a lista e a reparação histórica: Meghan Markle é humanitária, atriz, feminista, embaixadora das Nações Unidas (por participação política e liderança) e ativista política. E tudo isso muito antes de um príncipe aparecer no seu círculo social.

Com apenas 11 anos, por exemplo, ela enviou uma petição a uma companhia de sabão para que eles mudassem uma de suas propagandas que dizia o que seguinte: “as mulheres de toda a América estão lutando contra panelas e frigideiras gordurosas.” Depois de escrever uma carta para a empresa e para Hillary Clinton, que na época era a primeira-dama, o comercial substituiu a palavra “mulher” por “pessoas”. Ela contou o caso de forma emocionante durante um discurso na ONU Mulheres, no qual falou sobre como se deparou cedo e ficou profundamente impactada com as expectativas de gênero sobre mulheres. É difícil, como mulher, não se identificar com esse choque. Para se descrever, no começo do vídeo, ela usa a seguinte palavra, sem medo “como feminista.”

Ela se afirma pois sabe que sua luta é por igualdade e representação. Em seu trabalho como atriz, sempre agiu ativamente para que Hollywood não estereotipasse personagens femininas. Em seu papel na série Suits, pedia para que sua personagem, Rachel Zane, fosse levada a sério. “A maioria dos scripts da última temporada pareciam começar com ‘Rachel entra usando uma toalha’. E eu disse: ‘não, não vou mais fazer isso’”, contou à ELLE UK em 2016.

Seu entendimento do mundo aconteceu também antes mesmo da fama: “no começo, meus pais não tinham muito, mas doavam o que podiam. Compravam perus para abrigos no Dia de Ação de Graças, entregavam refeições para pessoas em hospitais psiquiátricos, e davam dinheiro para quem pedia. É o que eu cresci vendo, então também foi o que me tornei. Uma jovem adulta com consciência social que fazia o que podia, e que falava quando sabia que tinha algo errado”, finalizou. Essa experiência foi combustível para que se tornasse embaixadora da World Vision — uma associação que busca mudar a vida de crianças –, que viajasse a Rwanda a fim de colaborar com a iniciativa Canada’s World Vision Clean Water, que luta por água limpa, além de visitar um campo de refugiados em Gihembe, para se encontrar com mulheres líderes, parte de sua campanha por igualdade de gênero.

Por fim, a trajetória de Meghan não é emocionante só porque a sociedade no geral está começando a reconhecer as mulheres além de seus relacionamentos ou casamentos. Mas porque é mais uma chance, mais uma porta, para que as próprias mulheres se entendam e se vejam além da sombra dos homens. Meghan é inspiradora. Seu trabalho e sua visão tocam outras mulheres.

Newsletter Conteúdo exclusivo para você
E-mail inválido warning
doneCadastro realizado com sucesso!
Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s