Os figurinos mais incríveis da temporada de premiações de 2016

Entre filmes de época e o novo Star Wars, o cinema vive um momento de roupas (e fantasias) inspiradoras.

Carol

Glamour dos anos 1950 em forma de peças que ressaltam as curvas e marcam a cintura, além de robustos casacos de pele usados por Cate Blanchett no longa que fala sobre o amor entre duas mulheres. Quem assina o guarda-roupa de Carol é a figurinista Sandy Powell, vencedora de três estatuetas do Oscar, por Shakespeare Apaixonado, O Aviador e A Jovem Victoria. Este ano, Powell ainda é a responsável pelo figurino do filme Cinderella, com Blanchett no elenco também.

Divulgação Divulgação

Divulgação (/)

Garota Dinamarquesa

Indo para a década de 1920, o figurino do longa estrelado por Eddie Redmayne, demorou mais de um ano de pesquisa para Paco Delgado – figurinista responsável por filmes como A Pele Que Habito e Os Miseráveis -, para encontrar tecidos semelhantes aos que as mulheres usavam na época. Eddie, que teve que usar cinta na cintura e esconder o pomo de adão, interpreta a primeira transgênero do mundo, Lili Elbe.

Divulgação Divulgação

Divulgação (/)

Brooklyn

Fique de olho nas cores neste longa de época, que tem a atriz Saoirse Ronan como protagonista (ela vive uma irlandesa que viaja até a América em um período pós-Guerra). Odile Dicks-Mireaux, figurinista da BBC, é quem assina seu guarda roupas do filme, inspirado em Grace Kelly quando jovem.

Divulgação Divulgação

Divulgação (/)

Trumbo

A cinebiografia estrelada por Helen Mirrer e Bryan Cranston se passa entre a década de 1940 e 1970 e conta a história de Dalton Trumbo, um roteirista excêntrico de Hollywood. Daniel Orlandi, que trabalhou na caracterização dos filmes Jurassic World: O Mundo dos Dinossauros e em Código Da Vinci é quem assina os looks inusitados do personagem – entre as peças, um robe caríssimo da década de 30 da marca Turnbull & Asser.

Divulgação Divulgação

Divulgação (/)

Star Wars

Poucos maníacos por ficção científica sabem, mas Michael Kaplan, responsável pela caracterização do último filme da saga, começou trabalhando com Cher no famoso programa de televisão The Sonny and Cher Show. Depois, assinou Blade Runner, Star Trek, até alcançar o topo ao desenvolver o look do novo vilão Kylo Ren e da nova jedi Rey.

Divulgação Divulgação

Divulgação (/)

 

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s