Só 3 mulheres concorrem ao prêmio principal do Festival de Cannes de 2018

Os 18 filmes indicados à Palma de Ouro foram anunciados na manhã de quinta-feira.

“Não há diretoras mulheres o suficiente, mas não temos tempo para falar sobre isso aqui.” Foi assim que Thierry Frémaux, diretor artístico do Festival de Cannes, respondeu ao fato de apenas três filmes dirigidos por mulheres estarem entre os que concorrem ao principal prêmio do festival, a Palma de Ouro — o número total de títulos indicados é 18. As diretoras lembradas são a libanesa Nadine Labaki, por Capernaum, sobre a vida de migrantes em Beirute, a italiana Alice Rohrwacher, por Lazzaro Felice, que conta a história de um homem capaz de viajar no tempo, e a francesa Eva Husson, com Girls of the Sun, que trata de um grupo de mulheres curdas na luta para recuperar sua vila.

Veja também

Ainda que, em tempos de movimentos como o #MeToo e Time’s Up a indústria cinematográfica pareça mais atenta a questões de inequidade, o número baixíssimo de mulheres indicadas infelizmente não surpreendeu. Cannes não tem, nem de longe, o melhor histórico de diversidade: em seus 71 anos de existência, apenas uma mulher foi laureada com o prêmio mais importante do festival — a neozelandesa Jane Champion, em 1993, por O Piano. Na categoria de melhor diretor, foram premiadas duas mulheres até hoje: Yuliya Solntseva em 1961 por  The Chronicle of Flaming Years e Sofia Coppola, no ano passado, por O Estranho que Nós Amamos.

Frémaux declarou, durante o anúncio dos filmes, que os longas são escolhidos por suas qualidades intrínsecas, e que “nunca haverá uma seleção com uma discriminação positiva a favor das mulheres.” Depois, fez questão de evidenciar que, pelo menos no júri desta edição — presidido pela atriz Cate Blanchett –, há um maior equilíbrio de gênero.

O pequeno número de cineastas concorrendo a prêmios em festivais, contudo, não é exclusividade de Cannes. No Festival de Berlim, no começo do ano, quatro dos 19 indicados ao Urso de Ouro eram mulheres. Na recém realizada edição do festival de cinema independente norte-americano, o Sundance, foram cinco de 16 cineastas na categoria principal.

Será que, como Frémaux defendeu, o problema é que não existem diretoras mulheres o suficiente? A mostra Um Certo Olhar, do próprio festival francês, que reúne novos talentos do cinema, pode dar indícios que não: em 2018, quase metade dos 13 filmes da mostra são assinados por mulheres.

É claro que as mulheres da indústria cinematográfica ainda são minoria. Uma pesquisa realizada pelo grupo Women in Film apontou que, em 2016, apenas 4,2% dos principais filmes lançados foram dirigidos por mulheres. Mas já existem mecanismos para diminuir essa disparidade. Um deles é a “inclusion rider”, citada por Frances McDormand em seu discurso de agradecimento no Oscar deste ano: uma cláusula que artistas podem pedir que seja incluída em seus contratos que exige pelo menos 50% de diversidade no elenco e equipe de um filme.

E por que é tão importante que mulheres estejam mais presentes por trás das câmeras no cinema? Um motivo muito forte foi levantado pela atriz Jessica Chastain, referindo-se ao próprio Festival de Cannes há um ano: representatividade. “Quando se inclui mais mulheres na produção, vemos mais mulheres que conseguimos reconhecer em nosso dia a dia – mulheres que são proativas, têm seus projetos, não apenas reagem aos homens à sua volta”, afirmou. “Elas têm seu próprio ponto de vista.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s