A dieta ideal para quem adora doces

Não consegue parar de comer doces, mas quer perder peso? Calma! Trocas inteligentes ajudam você a emagrecer. Conheça algumas delas!

Em uma dieta equilibrada, pode-se ingerir até 30 g de chocolate por dia
Foto: Dreamstime

Você não hesita em trocar o almoço por um pedaço de bolo? Quando quer comer algo, a primeira coisa que vem à sua cabeça é uma barra de chocolate? Se você fica um dia sem doce, sente-se ansiosa, tem oscilações de humor e até depressão? Então você é viciada em açúcar.

Mudança de hábito

“Inclua uma fonte de carboidrato em suas refeições”, sugere a nutricionista funcional Patricia Davidson Haiat, do Rio de Janeiro. Assim, você mantém os níveis de serotonina – o
neurotransmissor ligado à regulação do humor e que tem ação calmante e controladora do apetite – equilibrados, diminuindo as chances de devorar um bombom poucas horas depois.

Além disso, evite ficar muito tempo sem comer nada. “Especialmente após as 17 horas, pois nesse período costuma haver a queda na produção de serotonina”, justifica a nutricionista. “Pesquisas recentes mostram que a baixa dessa substância altera a sensibilidade das glândulas salivares ao sabor doce, aumentando a vontade de comer guloseimas”, conta Patrícia.

 

Escolhas espertas

 

“Apele para frutas secas, ricas em triptofano, uma substância que participa da produção de serotonina”, explica a nutróloga Luciana Carneiro, da Associação Brasileira para o Estudo da
Obesidade e da Síndrome Metabólica, a Abeso.

“Outra saída é tornar as frutas frescas mais apetitosas: coloque um pingo de mel ou de leite condensado sobre uma fatia de abacaxi ou de manga ou polvilhe com canela uma banana”, recomenda a nutricionista Cynthia Antonaccio, da Equilibrium Consultoria em Nutrição, em São Paulo. “As gelatinas dietéticas também são boas opções”, acrescenta o endocrinologista Airton Golbert, do Rio Grande do Sul, presidente da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia.

Se você não resistir

Em uma dieta equilibrada, pode-se ingerir até 30 g de chocolate por dia. “Mas prefira os amargos ou meio amargos, que têm mais cacau, rico em flavonoides, substâncias antioxidantes que reduzem o risco de doenças cardiovasculares”, diz Luciana Carneiro.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s