A dieta ideal para quem não dispensa carboidratos

Descubra qual é a dieta perfeita para quem não resiste a um pãozinho no café da manhã ou massa no almoço!

Não corte de vez o consumo de carboidratos!
Foto: Dreamstime

Essa turma não consegue imaginar o café da manhã sem um, dois, três… pãezinhos! As opções de almoço são massas ou pratos cheios de arroz, farofa ou batatas. Os lanches sempre contam com um pão ou algumas bolachas salgadas. O jantar é um belo sanduíche. Quando bate a fome na hora da ceia, não dá outra – atacam as torradas.

Saiba qual é o cardápio perfeito para quem não resiste a um carboidrato!

Mudança de hábito

O processo que faz com que você seja viciada em carboidratos é similar ao que acontece com as docemaníacas. Ao comer um chocolate ou um pedaço de pão, no fim do processo de digestão, seu organismo recebe moléculas de glicose que induzem à produção de serotonina, o neurotransmissor que está ligado ao alto-astral e ao equilíbrio entre a fome e a saciedade.

Por isso, nada de cortá-los de uma vez. Incluir um pouco desse nutriente em cada refeição evita que astaxas de serotonina despenquem e, para compensar, você exagere nos doces ou
nos carboidratos pouco tempo depois – além de ficar de mau humor. “Ter horários regrados para se alimentar também evita que a pessoa fique com muita fome e tenha quedas acentuadas desse neurotransmissor”, diz Cynthia.

Escolhas espertas

“Alterne as fontes de carboidratos para obter vários nutrientes e aumente a quantidade de fibras, que ajudam a controlar o apetite”, ensina Patricia. Boas opções são as frutas, os vegetais e os cereais. As frutas, aliás, são ricas em carboidratos, ou seja, ajudam a melhorar as taxas de serotonina sem pesar tanto na balança.

Se você não resistir

“Prefira os pães ou as bolachas integrais”, sugere Airton Golbert. O índice glicêmico deles é menor do que o do pãozinho francês, por exemplo. O que isso significa? Que a glicose proveniente dos alimentos integrais é liberada aos poucos no sangue, garantindo a saciedade por mais tempo. Em outras palavras: ajuda a controlar o apetite. No caso dos carboidratos simples, essa substância cai na circulação rapidamente, o que faz com que a absorção seja rapidamente e você tenha vontade de comer uma porção de pão de queijo poucas horas depois.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s