Edie Campbell escreve carta aberta sobre assédio sexual na moda

No texto, a top britânica praticamente dá um passo a passo para o fim do abuso de poder no mercado de moda.

Seguindo a mesma linha de Cameron Russell — a modelo e ativista que está expondo casos de assédio sexual na moda com sua conta no Instagram –, a top britânica Edie Campbell decidiu escrever uma carta aberta sobre o assunto que foi publicada no portal WWD, uma das fontes mais importantes de notícias do mundo fashion.

Em seu texto, ela liga os pontos entre o assédio sexual com o abuso de poder que o mercado da moda possibilita. “Estamos operando dentro de uma cultura permissiva quando se fala de abusos de todas as formas. Estou me referindo à humilhação de modelos em trabalhos, à diminuição de um profissional simplesmente por ele ser um assistente, os jogos de poder e os fittings em que todo mundo fica gritando o tempo todo. Atualmente, vemos isso como ‘parte do trabalho’. No entanto, toda vez que fazemos vista grossa para esse tipo de situação, estamos dando margem para que isso aconteça novamente. Nossa falta de ação nos faz cumplíces, de certa forma”, escreveu.

Não querer beijar alguém para uma foto não significa que você está ‘sendo difícil’ no set.

Para dissecar o problema, a modelo ainda cita causas para a vazão desse abuso de poder constante. O primeiro seria a falta de percepção entre o que é um ambiente profissional e o que não é. Como o mercado é pequeno, todos na moda são amigos, então muito do que precisa ser dito profissionalmente acaba sendo omitido para não ofender ninguém. Depois, a top diz que é preciso negar o comportamento do tipo “diva” de tantos criativos. Ninguém precisa aceitar fazer algo que não queira porque alguém “mais conceituado” pediu.

O estigma sobre o que é ou não “cool” também incomoda. “Ter 15 anos de idade — ou qualquer idade — e não querer aparecer nua numa foto não faz de você uma ‘carola’. Não querer beijar alguém para uma foto não significa que você está ‘sendo difícil’ no set.” Segundo ela, essa noção de que existem grandes gênios incontestáveis no mundo fashion é muito nociva para o funcionamento do mercado e para os indivíduos que trabalham nele. “A moda é um clubinho fechado que faz o que quer dentro dele. Chegou a hora de nos regularmos corretamente.

Newsletter Conteúdo exclusivo para você
E-mail inválido warning
doneCadastro realizado com sucesso!
Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s