Lena Dunham explica por que o novo clipe de Kanye West é tão perigoso

Kanye West voltou a ser o centro das atenções ao lançar o seu novo clipe, para a música Famous. O vídeo, claro, causou polêmica: o rapper aparece deitado em uma grande cama, nu, acompanhado de outras pessoas, que representam celebridades famosas, igualmente sem roupa.

Como era de se esperar, nem todo mundo ficou feliz com as imagens, que contam até mesmo com uma referência a Taylor Swift e outra a Bill Cosby – acusado de cometer uma série de estupros nos Estados Unidos. Lena Dunham, por exemplo, foi uma das estrelas do showbiz que decidiu falar a respeito do assunto e mostrar por que um vídeo como esse é tão perigoso.

Em sua página no Facebook, a estrela da série Girls começa explicando que, como muitos, sempre aguarda ansiosamente pelo que Kanye fará a seguir e que tem uma admiração imensa pela família Kardashian-Jenner. Porém, ressalvas precisam ser feitas quando este vídeo é levado em consideração.

“Vamos destrinchar: ao mesmo tempo em que Brock Turner está sendo liberado com um tapinha nas costas por estuprar uma mulher inconsciente e fotografar os seus seios para um chat em grupo [em referência ao caso de estupro da Universidade de Stanford]… Enquanto casos de assédio estão sendo transmitidos pelo Periscope e garotas estão cometendo suicídio depois de serem expostas de maneiras que elas nunca imaginariam… Enquanto os crimes de Bill Cosby ainda estão sendo revelados e compreendidos assim como os traumas das mulheres que ele assediou… Agora eu tenho que ver os corpos encerados e inconscientes de mulheres famosas torcidos como se eles tivessem sido drogados e jogador para a multidão? Isso me enoja”.

A atriz e produtora continua explicando que é uma amante da arte e sabe que ela, ao explorar facetas como o nu, tem o objetivo de fazer com que as pessoas questionem aquilo que as fazem sentir desconforto, mas que o vídeo de Kanye não tem esse ar.

“Ver uma mulher que eu amo como a Taylor Swift (essa doeu, eu não consegui olhar), uma mulher que eu admiro como a Rihanna ou a Anna [Wintour], reduzidas a um par de seios de cera feitos por algum cara de efeitos especiais me fez sentir triste e insegura e preocupada pelas garotas adolescentes que assistem a isso e que podem não entender as câmeras granuladas como coisas de filmes de assassinato”.

Para terminar, Lena explica que acha Kanye ‘cool’, e que ele tem o direito de falar sobre o que quiser em suas músicas. A questão, no entanto, é que o vídeo parece ‘desinformado e inspirado pelos aspectos da nossa cultura que fazem as mulheres se sentirem inseguras nas suas próprias camas, nos seus próprios corpos’.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s