Paris Jackson: “a nudez é bela, não precisa ser de forma sexual”

Atriz se expressou sobre liberdade, feminismo e conexão com a natureza em post emocionante no Instagram.

Paris Jackson não está com paciência para body-shaming e deixa isso claro em seu post mais recente no Instagram. A atriz e modelo usou sua conta na rede social para compartilhar uma foto em p&b na qual está sentada em um sofá, contemplando o céu. Ela está sem sutiã, mas não é para exibir sua tatuagem delicada — o que impressiona é seu statement emocionado sobre a importância da aceitação corporal, da nudez, do feminismo e de como tudo isso pode estar relacionado.

Abaixo da foto, Paris, que recentemente foi julgada com uma enxurrada de comentários negativos nas redes sociais por exibir pelos nas axilas, escreveu uma mensagem explicando que deveríamos aceitar nossos corpos pelo que são. Sobre a nudez, ela afirma: “na verdade, é uma coisa bela, e você não precisa fazer isso da forma sexual que muitas estrelas de Hollywood e da mídia fazem.” Confira abaixo a tradução da legenda:

i'll say it again for those questioning what i stand for and how i express myself. nudity started as a movement for ‘going back to nature’, ‘expressing freedom’, ‘being healthier’ and was even called a philosophy. being naked is part of what makes us human. for me it helps me feel more connected to mama gaia. i'm usually naked when i garden. it's actually a beautiful thing and you don't have to make it sexual the way many hollywood stars (and the media) do. not only is your body a temple and should be worshipped as so, but also part of feminism is being able to express yourself in your own way, whether it's being conservative and wearing lots of clothes or showing yourself. there's different ways of absorbing mother earth's energy, my favorites are earthing which is absorbing the earths vibrations from contact between the soil and your bare feet, as well as letting your naked skin absorb the rays of the sun. the human body is a beautiful thing and no matter what "flaws" you have, whether it be scars, or extra weight, stretch marks, freckles, whatever, it is beautiful and you should express yourself however you feel comfortable. if this makes some of you upset i completely understand and i encourage you to maybe no longer follow me, but i cannot apologize for this in any way. it is who i am and i refuse to shy away and keep my beliefs a secret. every one as an opinion and every one has their beliefs. we don't always agree with one another and that's okay. but again, we are all human, and to appreciate the things that other people do that make us human helps us feel connected. how can that be a bad thing?

A post shared by Paris-Michael K. Jackalope (@parisjackson) on

“Eu vou dizer novamente para quem está questionando o que eu acredito e como eu me expresso. A nudez começou como um movimento de “voltar para a natureza”, “expressar liberdade”, “ser mais saudável” e era até chamada de filosofia. Estar nu é uma parte do que nos faz humano. Para mim, ajuda a me sentir mais conectada com a Mama Gaia. Eu normalmente fico nua quando estou jardinando. Na verdade é uma coisa linda, e você não precisa fazer isso de forma sexual como muitas estrelas de Hollywood (e da mídia) fazem. Não apenas nosso corpo é um templo e deveria ser venerado como é, mas também parte do feminismo é poder se expressar de sua própria forma, seja sendo conservadora e usando muitas roupas ou se exibindo. Existem diferentes formas de absorver a energia da mãe natureza, e minhas favoritas são cuidar da terra, que é absorver as vibrações do contato entre o solo e seus pés descalços, assim como deixar sua pele nua absorver os raios de sol.

O corpo humano é lindo, e não importa que “falhas” você tem, sejam cicatrizes ou se está acima do peso, estrias, sardas, o que seja, é bonito e você deveria se expressar de qualquer forma que você se sente confortável. Se isso deixa algum de vocês chateado, eu entendo completamente e encorajo vocês a talvez não me seguirem mais, mas eu não posso pedir desculpas por isso de forma alguma. É quem eu sou, e eu recuso a me esconder e deixar minhas crenças secretas. Todos tem opiniões e crenças. Nós nem sempre concordamos com uns aos outros e tudo bem. Mas novamente, somos humanos, e apreciar as coisas que os outros fazem que nos ajudam a nos conectarmos — como pode isso ser uma coisa ruim?” Sábias palavras, Paris!

 

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s