Anna Dello Russo está vendendo looks icônicos por uma pechincha

Ela fez um bazar porque gostaria que meninas de 14 anos usassem seus looks históricos (e não que as roupas ficassem escondidas em um closet!)

Anna Dello Russo está pronta para passar muitos de seus looks incríveis para a frente. É isso mesmo: a magnata da moda fez uma limpa impressionante em seu arquivo e decidiu vender tudo por preços acessíveis. O que motivou essa decisão? Uma clareza mental muito importante. “Roupas foram feitas para falar. Meu arquivo é meu alfabeto fashion. E agora eu quero passar ele para uma nova geração”, conta ela.

Novos tempos, certo? Em um momento em que nos questionamos até se é possível viver com seis peças de roupas — e também com a crescente popularidade dos armários-cápsula —, a decisão de Anna parece fazer todo o sentido. Não que ela tenha decidido viver com menos — mas, de acordo com ela, ela não deseja angariar fundos com essa venda, e sim fazer com que as roupas cumpram seu real propósito. “Não quero lucros. Não quero tirar dinheiro disso. É tudo sobre passar minha herança para frente.” E ela continuou: “Uma porção das vendas terá preços baixos porque gostaria de ver minhas roupas em uma garota de 14 anos, e não fechadas em um lugar com temperatura e umidade controladas.

Quem quiser arrematar um modelo tem que ficar de olho: no próximo mês, no primeiro dia da semana de moda de Milão, ela venderá através de um leilão da Christie’s 30 de seus looks preciosos, o que inclui sapatos, acessórios e vestidos, tudo da mesma forma como ela usou pela primeira vez. De acordo com Anna, os preços começam nos 50 euros — e o valor arrecadado será doado para um fundo beneficente para estudantes da Central Saint Martins.

Encerrado o leilão, cerca de 150 peças serão vendidas no Net-a-Porter. Quem for amigo íntimo de Anna também está com sorte porque ela está fazendo vendas privadas para pessoas próximas. Mas o ouro fica mesmo para disputa nas duas outras vendas. “Eu passei seis meses editando o melhor para a Christie’s e para o Net-a-Porter. As outras coisas são como uma promoção da Bergdorfs. Coloquei cada marca em um lugar — Gigli, Lang, Alaia, tudo, e nenhuma peça não tinha etiqueta. E então deixamos elas irem. Minhas assistentes estavam chorando!”, declarou.

Quem se interessa por história da moda achará a venda encantadora: “será como uma exposição fashion. Quero envolver pessoas novas. Mostrar para elas que isso era Nicolas Ghesquière para a Balenciaga, e era tudo. Ou a peça-coração do último show de Hedi Slimane para a Saint Laurent. Ou Yohji. Tem muitas outras da Itália, claro. Um look completo de Giorgio Armani de 1988 que usei no casamento da minha irmã.” Outros looks completos incluem peças de Raf Simons para a Jil Sander, Burberry, Jean-Paul Gaultier, Margiela, Lanvin, Roksanda Ilincic e muito mais.

Newsletter Conteúdo exclusivo para você
E-mail inválido warning
doneCadastro realizado com sucesso!
Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s