Anos 1990: por que estamos obcecados pelo estilo da década?

No inverno 2016, última temporada internacional apresentada, foi difícil encontrar um desfile que não fizesse alusão a pelo menos algum elemento do grunge. Tentamos descobrir a razão deste comeback.

Kim Gordon – baixista do Sonic Youth – e Marc Jacobs, além de amigos, estão muito ligados ao surgimento e popularização do grunge na década de 1990. Ela por meio de sua banda – o Sonic Youth – e ele por seu trabalho corajoso dentro da Perry Ellis. Na época, o mundo não estava tão acostumado como hoje a ver roupas desleixadas sendo desfiladas. Por isso, nem todo mundo entrou na onda logo que ela surgiu. O sucesso do Nirvana e do estilo do casal Kurt Cobain e Courtney Love foram necessários para colocar o movimento na boca do povo. Quase vinte anos depois, voltamos a gostar das mangas alongadas, dos moletons oversized, do xadrez, do jeans boyfriend… Por quê?

 

 

Clipe da música Sugar Kane do Sonic Youth que foi filmado durante um desfile da Perry Ellis de Marc Jacobs em 1992 chamada “Grunge Collection”.

De acordo com Camile Minerbo, client services na WGSN – empresa que pesquisa tendências para o mercado fashion – a culpa é da alta do feminismo. “A moda naquela época prezava pela liberdade e isso tem tudo a ver com o momento que vivemos agora. Os preconceitos e barreiras estavam sendo deixados de lado. Hoje, a mulher percebeu que não é mais necessário seguir um padrão onde só valem roupas apertadas e sensuais”, explica.

Por isso, o timing para a estreia de Demna Gvasalia na Balenciaga não poderia ser mais preciso. O estilista passou anos em sua Vetements tentando fazer o mundo ouvir a sua voz 90’s e agora o designer já pode comemorar a missão cumprida. Ele assumiu uma posição de chefia em uma das maiores grifes de luxo do mundo e, ali a nostalgia encontra acabamentos impecáveis que deixaram o mundo da moda babando na primeira fila.

Agência Fotosite Agência Fotosite

Agência Fotosite (/)

Mas nem só de grunge viviam os anos 1990, o hip hop também cresceu muito durante o período. “A Fila e a Guess, por exemplo, estão aproveitando o momento para fazer colaborações com designers que remontam esse figurino”, acrescenta Minerbo. No inverno 2016, um bom exemplo disso foi a segunda coleção que a dupla por trás da Public School assinou para a DKNY – segunda marca de Donna Karan. Silhuetas largas e volumosas entraram em cena e ainda contaram com o auxílio do moletom com mensagem brincalhona para conquistar o hype. Em um dos modelos, lia-se “Designers Know Nothing Yet”, fazendo uma releitura do logo da grife.

Agência Fotosite Agência Fotosite

Agência Fotosite (/)

Outra peça que está crescendo cada vez mais no coração dos fashionistas é o slipdress. “O vestido do tipo camisola ganha nova roupagem quando usado por sobre uma camiseta”, sugere a expert. Não à toa, Calvin Klein e Marques’Almeida foram algumas das marcas que investiram no item.

Agência Fotosite Agência Fotosite

Agência Fotosite (/)

Para quem não quer gastar muito, Minerbo garante que redes de fast-fashion como Forever 21 e Topshop já aderiram a trend também. Se estiver pronta para mergulhar de cabeça no movimento, experiências como os festivais Coachella, FYF e SXSW são as melhores opções, segundo ela. Deixe o vestido florido e o salto de lado e entre nessa!

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s