Bella Hadid afirma: “eu tenho orgulho de ser muçulmana”

Modelo exibe e reforça os motivos de sua revolta.

Quando o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, anunciou medidas anti-imigrantes, Bella Hadid participou de diversos protestos contra a decisão, como a marcha No Ban No Wall, em Nova York. Mas ela ainda tem muito o que falar sobre o assunto. A modelo disse à ELLE norte-americana, em tom de revolta, os motivos de considerar a lei tão absurda e como isso a atinge profundamente.

Leia mais: As frases mais inspiradoras da Women’s March

“Nós não devemos tratar as pessoas de formas diferentes por causa de suas etnias, isso não é certo”, começou ela. Bella se sente profundamente magoada pelo fato de seu pai, Mohamed Hadid, “ter sido um refugiado quando ele veio para a América pela primeira vez”, afirmou para a Porter. “A política de imigração do Trump na verdade é um assunto delicado para minha irmã, para meu irmão e para mim”.

No fim da entrevista, Bella ainda conta que seu pai era muito religioso e que toda a família tinha o hábito de rezar com ele. E para dar ainda mais força ao movimento, ela revelou que não tem medo nenhum em dizer que “tem orgulho de ser muçulmana”.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s