Camaleoa: os diferentes estilos de Sophia Abrahão

A atriz e embaixadora da Vogue Eyewear revela como consegue dar conta de tantas facetas diferentes – sempre arrasando nas produções, claro!

Muito comum nos Estados Unidos, a noção de artista que é uma “tripla ameaça” tem se consolidado no Brasil nos últimos anos. A expressão, apesar de parecer assustadora à primeira vista, é um baita elogio: refere-se à pessoa que se sai bem atuando, cantando e dançando. Sophia Abrahão é uma dessas, como demonstrou ao longo dos últimos anos em novelas, nos palcos e ao participar da Dança dos Famosos, no Domingão do Faustão — e ainda tem o diferencial de arrasar também como modelo.

Essa habilidade de se sair bem em várias tarefas ao mesmo tempo não é privilégio da Sophia, ainda que tenha sido a razão pela qual se tornou uma V-Sider, ou seja, uma embaixadora da Vogue Eyewear. A gente acredita que você, como ela, encara todo dia momentos, situações e cenários nos quais precisa recorrer a facetas diferentes: reunião com o cliente, encontro com os sogros, apresentação na escola do filho… Toda mulher tem uma história para contar, e fomos ouvir mais sobre a dela, que é uma inspiração e tanto.

Todo mundo tem um lado B. Conta um pouco do seu?

Eu amo dançar, mas esse amor definitivamente se intensificou após a Dança dos Famosos. Hoje, procuro inserir essa paixão nos meus projetos, como o single Rebola, por exemplo. Mas sempre falo que brinco de dançar, pois não sou especialista.

O que as pessoas se surpreendem ao saber sobre você?

Acham que sou uma bonequinha, patricinha… Mas sou bem o oposto, e quem passa a me conhecer se surpreende. Sou muito tranquila, pé no chão.

Quem acompanha sua carreira deve ter notado que mudar de visual não assusta você. Ou assusta?

Mudar sempre dá um frio na barriga, mas é mais de ansiedade para ver o resultado. Eu sou muito camaleoa, amo me ver de outras formas. Já fui mais impulsiva: às vezes, quando batia a vontade de me transformar, fazia no mesmo dia. Hoje tomo mais cuidado, para não impactar projetos e trabalhos. Imagina se, no meio de uma novela, a personagem aparece com outro cabelo, sem mais nem menos?

Como é sua relação com a moda?

Sem neuras. Amo muito o mundo fashion, comecei minha carreira nele, e tento acompanhar todas as tendências, mas sem estresse ou qualquer obrigação. Para eventos ou trabalhos, tenho pessoas que me ajudam a escolher o look, como o stylist Dudu Farias. No dia a dia, visto o que sei que fica bom em mim e que, ao mesmo tempo, seja confortável.

Que estilos gosta de usar?

Depende muito do dia. Há momentos em que estou um pouco mais rock, outras vezes estou mais casual… Indispensável mesmo é ter um jeans. Fica bom em qualquer look e se encaixa em diversos momentos.

Quais são seus três modelos Vogue Eyewear preferidos?

São os que eu mais uso atualmente: um com formato mais gatinho, um meio aviador com lentes amarelas e um de lentes num tom de roxo claro, que é a cor do ano. Além dos de grau, que também uso.

Há mulheres que fazem dos óculos a estrela do look. Ou seja, começam a produção a partir deles. Curte dar essa variada?

Com certeza! São os acessórios que dão um up no visual em alguns casos. Amo óculos mais divertidos, que deixam a combinação descontraída e estilosa ao mesmo tempo. Mas é preciso ter um olhar para isso, saber o que vai ficar legal.

Indica pra gente uma produção em que os acessórios são os protagonistas?

Acho que os acessórios entram em foco mais no look do dia a dia. Você pode vestir um mom jeans, um tênis branco e uma camisa simples, mas vir com óculos mais ousados, anéis, pulseiras, colares… Há uma variedade imensa para tornar o acessório protagonista. Acho muito bonito um visual simples, mas que tem criatividade nos detalhes.

Acha que existe isso de haver um tipo de óculos certo para cada rosto, ou hoje em dia vale a máxima de usar o que sentir que a faz bonita?

Ah, cada um deve usar o que faz se sentir bem. Esses padrões são muito relativos, e muitas vezes a autoconfiança e a autoestima valem mais. Está se sentindo maravilhosa? Todo mundo vai ver isso também.

Você tem aqueles momentos em que se olha no espelho e acha um monte de defeito? Não, né?

Com certeza! Estou longe de ser perfeita, e nem é algo que queira alcançar. O segredo é abraçar os defeitos e se aceitar acima de qualquer coisa. Temos que estar confortáveis com o nosso corpo e com quem somos, e deixar os padrões para lá.

Atriz, apresentadora, cantora, modelo, compositora, escritora, dançarina, digital influencer… Qual parte do showbiz ainda falta você conquistar?

Nossa, tenho muito para alcançar ainda! Procuro me dedicar ao máximo aos projetos ou ações em que esteja envolvida, e no momento não consigo pensar em outro segmento (risos). Mas tudo aconteceu de uma forma muito natural na minha vida, então o próximo passo em outra área do showbiz — quando vier, se vier — será da mesma forma. E estarei pronta.

Os queridinhos de Sophia

A seguir, confira os modelos Vogue Eyewear que acompanham a rotina da nossa V-Sider:

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s