Camila Coutinho conta como foi o ModaLisboa

Olá leitores da Elle, tudo bem?

Estou voltando hoje para o Brasil após uma longa temporada de Fashion Weeks. Fui conferir de pertinho a ModaLisboa, fiquei muito honrada com o convite da organização para conhecer o trabalho de grandes e novos estilistas portugueses, ainda mais sendo uma edição que celebrou os 25 anos do evento! 

A ModaLisboa aconteceu de 11 a 13 de março, foram três dias intensos de desfiles que mostraram bem o DNA da moda portuguesa, que depois dessa experiência posso definir como um bom mix de looks comerciais, altamente desejáveis, com toques autorais. Em termos de organização, funciona mais ou menos como a São Paulo Fashion Week, já que a maioria dos desfiles ficam concentrados em um único espaço, no caso o Pátio da Galé.

Já no primeiro dia de desfiles fiquei impressionada com o trabalho do coletivo Sangue Novo, plataforma que dá suporte a novos talentos portugueses com consultorias em criação, gestão, comunicação e marketing. Desse desfile um nome é eleito para participar do calendário oficial do ModaLisboa na próxima temporada, e o escolhido pelo júri dessa vez foi Patrick de Pádua, que também terá sua coleção à venda na ComCor Lisboa – bom ficar de olho no moço!

De modo geral, a moda masculina me chamou muito a atenção na ModaLisboa, com um streetwear incrível e muito bem acabado, que comprovei no próprio desfile de Patrick de Pádua. A alfaiataria, tanto feminina quanto masculina, também é outro ponto forte dos portugueses, com destaque para os desfiles de Carlos Gil, que apresentou uma coleção cheia de elementos retrô, mas ao mesmo tempo com uma mistura de cores que trouxe mais contemporaneidade aos looks, e também de Alexandra Moura, que trouxe uma proposta mais solta para blazers, calças e camisas, bem moderninha.

No último dia da ModaLisboa estava ansiosa para conferir a coleção de Luís Carvalho, estilista que já integra o calendário há algum tempo e é tido pelos críticos como um criador bem consistente, realmente um nome forte do circuito fashion português. E o desfile não decepcionou: amei a sequência de looks clássicos e monocromáticos, mas ao mesmo tempo muito cool, com shapes espertos e uma cartela que foi do nude ao marsala, passando pelo cinza e rosa clarinho.

Foi um prazer acompanhar o ModaLisboa! O evento arrasou na organização e profissionalismo e conta com um clima de novidade que cai muito bem para a moda também. Muito legal ver a criatividade de novos talentos junto à consistência de nomes consagrados da moda portuguesa, sem dúvida é o que torna essa semana única.

Espero que vocês tenham gostado do take over também.

Beijos,
Camila Coutinho

 

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s