Conheça a modelo que com apenas um mês de carreira participou de 13 desfiles do SPFW

A maioria das modelos não pegaria 13 desfiles em sua primeira semana de moda. Muito menos se estivesse há apenas um mês na profissão. Não é caso de Liza S.. A baiana de Salvador, que tinha o sonho de participar do casting da Osklen e da Colcci, não apenas conseguiu, como também abriu uma apresentação, a da Fernanda Yamamoto, ontem (22.10), no penúltimo dia.

Agência Fotosite (/)

Liza S. no desfile da Fernanda Yamamoto à direita.

O cabelo curtinho chamou atenção nos corredores. Como já deu para perceber, as modelos que não ostentam longas madeixas foram as queridinhas da temporada, vide Ari Westphal, o rosto mais comentado durante o evento. “Eu já tive o cabelo comprido, no meio das costas, já tive um corte Chanel, black power, franja e, agora, cortei assim. Foi uma decisão tomada junto com a agência, que fez a pesquisa e avaliou meu perfil. Gostei muito da proposta, é superprático”, disse em entrevista à ELLE neste último dia de SPFW.

Além da valorização de outros tipos de cabelos, que vão além das ondas à la Gisele Bündchen e do liso chapado, Liza também ressalta outro passo deste momento da moda, a democratização. Quando perguntamos sobre a falta de representantes negras dentro da indústria, ela pontuou uma melhora: “Acho que comparado há 10 anos, o mercado evoluiu bastante. Desde a terça feira, que foi quando eu tive o meu primeiro desfile, já vi várias meninas negras. Inclusive, há vários nomes na agência que trabalham muito e fazem sucesso. Acho que o mercado está evoluindo não só para negras, mas para asiáticas e também para transexuais, como é o caso da Lea T”, relembrou. “Ela já virou top, ela é um marco. Assim como a Naomi foi um marco para as negras”.

Modelos de cabelos raspados são as novas queridinhas da moda

Dentre seus ícones, estão Alessandra Ambrosio, Gisele e Carol Trentini. “A primeira vez que encontrei a Carol Trentini quase chorei”, contou rindo. Da nova geração, a dominicana Lineyse Montero, que foi um dos grandes destaques das passarelas internacionais, é a sua preferida. E não é que há uma grande semelhança entre as duas?  “Tem muita modelo de cabelo curto fazendo sucesso, principalmente no estilo raspado na máquina 1, 2 ou 3. Acho isso maravilhoso porque a moda é uma arte e a arte tem várias caras. Existem muitas meninas de cabelo longo, liso e ondulado, então, quando aparece uma novidade é sempre bom, né?!”, finaliza.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s