Elegância é o elo entre as parisienses e não um jeito certo de se vestir

Enquanto procura emprego para trabalhar com o Patrimônio Cultural francês, Nadege Robert aproveita para fazer um tour pela sua cidade natal.  Aos 25 anos e sem querer parecer uma “árvore de Natal”, Nadege dá suas dicas de como fazer um bom equilíbrio na hora de escolher uma roupa e também conta qual o seu look ideal, aquele que você usa todos os dias, além de dicas preciosas de onde comprar e se divertir por aqui! Acompanhe mais essa linda parisiense aqui no nosso Moda Real, uma série sem retoques e feita com mulheres reais que cruzamos nas ruas de Paris. Tem alguma curiosidade sobre as parisienses? Manda a pergunta para gente fazer para elas!

Como você escolhe seus looks, como por exemplo, o que estava usando no dia em quem nos encontramos?

Eu gosto de aliar uma peça vintage a básicos contemporâneos. Encontrei esse vestido na Guerrisol, no bairro 12, perto da Estação de Lyon. Para ficar mais descontraído eu usei uma “Tote bag” comprada no Museu de Arte Moderna de Nova Iorque (MoMa) e tênis brancos de lona da Le Coq sportif.

O que você faz da vida?

Estou procurando emprego para trabalhar dentro do Patrimônio Cultural e para passar o tempo eu faço um pouco de fotografia analógica e vou ao cinema, visito os museus da cidade!

O que você pensa da imagem da parisiense?  Como você a descreveria? Você pensa nisso, nessa responsabilidade na hora de se vestir?

Eu acho que não existe uma parisiense típica, mas há um ponto comum entre as mulheres daqui, que é a elegância. Eu tento fazer looks mais trabalhados, mas opto também por andar mais descontraída de tempos em tempos.

Qual é a sua relação com o vestir já que vive na Capital Mundial da Moda?

Uma ligação quotidiana forte. Eu adoro me vestir bem e comprar novas e originais peças, mas não é uma obsessão!

Ana Garmendia Ana Garmendia

Ana Garmendia (/)

O que é mais importante para você na hora de montar seu look? A beleza ou a roupa?

Uma não vai sem a outra. Uma bela peça é tão importante quanto um corte de cabelo ou uma bela pele. Creio que o essencial é estar harmoniosa.

O que você não vive sem?

Batom vermelho, um jeans skynny preto e botas pretas modelo estilo chelsea. É o meu look de todos os dias.

O que você indicaria como uma boa fórmula para não errar no dia a dia?

Hummm, eu diria associar uma peça original aos básicos. Desse jeito não passamos desapercebidas, sem portanto parecermos uma árvore de Natal haha.

Você tem um ícone de moda?

Não especialmente, mas como eu gosto particularmente da moda dos anos 60, diria que curto o estilo de mulheres como Jean Shrimpton, Anna Karina, Jane Birkin…

Quais são os seus endereços em Paris para comprar e se divertir?

Eu passo bastante tempo em lojas de roupas usadas como a Guerrisol. Tem também a Recyclerie  no bairro 18, a decoração é toda feita com objetos recuperados e eles oferecem ateliers bem interessantes. Para sair, curto o Le Point Ephémère  no Canal Saint Martin. Eles têm um combo super legal para quando queremos tomar um drinque e aproveitar com os amigos.

O que você faz para se cuidar?

Eu cuido muito, dou prioridade ao que como. Atualmente em Paris temos muita escolha para comer bem e saudável. Temos lojas de produtos orgânicos por todos os cantos, onde eu me abasteço igualmente com produtos de beleza. Depois, em paralelo, fazer um pouco de esporte em uma academia para ficar em forma é perfeito, mas eu não sou o melhor exemplo! (Risos)

As mulheres francesas têm fama de serem magras por que fazem muita atenção na hora de comer, e verdade que vocês não comem muito?

Eu não acredito que as parisienses não comem, se sim elas são bem corajosas, pois as tentações são inúmeras! Eu moro no bairro 17 e temos bons restaurantes por tudo! Quero dizer … Eu não tenho a impressão que as parisienses não comem, elas aparentam aproveitar bem do nosso patrimônio culinário!

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s