Entenda a receita de sucesso da Ralph & Russo

Tamara Ralph cria vestidos deslumbrantes, com cortes e bordados ultraelaborados, que valorizam a silhueta feminina. Michael Russo é craque em transformar seus negócios em companhias valiosíssimas. Como um match perfeito, tanto na vida pessoal quanto na profissional, a dupla de australianos mostra que a paixão por moda e a competência empresarial são a receita do sucesso da Ralph & Russo. A marca nasceu em 2007, na capital inglesa, e vive seu melhor momento – a começar pela inauguração da nova flagship em Londres. E é ali, em uma rua tranquila no luxuoso bairro de Mayfair, onde eles recebem clientes interessadas em peças exclusivas, feitas por uma equipe de mais de 100 bordadeiras e costureiras, que o duo falou com exclusividade à ELLE Brasil, antes mesmo da inauguração do espaço. Outro forte indício da boa fase é a entrada no calendário da semana de alta-costura de Paris, após o hiato de um século, já que a última etiqueta britânica a ser convidada pela Chambre Syndicale de la Haute Couture foi Lady Duff-Gordon, em 1915.

“Os desfiles em Paris nos ajudam bastante. Eles geram uma imensa visibilidade. Algo extremamente importante para criar uma supermarca”, explica Michael. E ser grande, ao que tudo indica, é mesmo a meta da label, que veste mulheres poderosas, como Angelina Jolie, Beyoncé e Blake Lively, além de outras celebridades e integrantes da realeza. Chamam a atenção os resultados que garantiram ao casal um lugar na lista dos principais milionários e influenciadores com menos de 40 anos da revista Fortune. Um dos fatores mais importantes para o crescimento de 400% em um ano foi a abertura de uma loja dentro da Harrods, em um esforço necessário para aproximar a alta-costura do público final. Mesmo criando um vestido no prazo de dois anos, Tamara garante que recebe ligações de clientes que precisam de uma produção completa em duas semanas. “Elas não querem usar ready-to-wear e, como trabalhamos com peças exclusivas (eles só vendem um modelo de determinado vestido por país), são elas que chegam até nós”, conta.

A estratégia é se adequar ao estilo de vida atual, remodelando uma indústria que era restrita a pouquíssimas pessoas, que visitavam os salões próximos à Avenue Montaigne e à Place Vendôme, em Paris. “Decidimos ficar em Londres porque amamos a cidade e sabíamos que havia espaço no mercado para uma moda de alto padrão feita e comprada aqui”, avalia a diretora criativa. O estilo é atemporal, feminino e delicado e o processo de atendimento segue os moldes de outrora, quando um tênis não poderia ser considerado artigo de luxo e só a França ditava a moda. Tamara viaja o mundo para atender suas clientes, mas hoje as fashionistas também podem encomendar as criações da marca, com preços que começam em 25 mil libras. Uma novidade? O lançamento de um ponto nesse mesmo formato em Nova York, com foco nas clientes norte-americanas e, claro, brasileiras! Essa espécie de loja-showroom é uma maneira inteligente de exibir ainda mais a grife, que, apesar de todo o classicismo, tem uma pegada jovem em sua essência. 

Quer mais? Leia a matéria completa na ELLE de agosto/2015!

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s