Este aplicativo quer revolucionar o mercado de moda a partir do reaproveitamento de tecidos

No mundo da moda, o desperdício é uma das palavras mais preocupantes quando falamos de produção. Porém, um novo aplicativo pretende começar uma revolução nesse sentindo, encontrando uma forma de reaproveitar tecidos que estão sem utilidade e ou são ‘sobras’ de produção.

Leia Mais: Investir em upcycling é produzir moda sem que isso seja caro ao meio ambiente

Chamado The Squirrelz, o objetivo do aplicativo é que estilistas, grandes marcas e fábricas ofereçam as sobras dos tecidos das suas produções antigas para qualquer pessoa que esteja disposta a pagar o valor do frete. Para aqueles que estão oferecendo tecidos que estão sobrando e não serão usados, essa é uma forma sustentável de lidar com o excesso e ainda desocupar o espaço que esse material demanda.

Criado por Bunny Yan, o aplicativo teve o seu lançamento, no formato soft opening, nos Estados Unidos no mês passado, e a expectativa é que ele atinja um milhão de usuários no próximo ano e meio, aproximadamente.

Leia Mais: Essas três meninas cariocas estão popularizando a moda sustentável através de peças jeans incríveis

A ideia veio depois que Bunny, em uma tentativa de lançar a sua própria marca de roupas, conversou com fábricas na China – a maior produtora mundial de roupas – e descobriu que os tecidos que eles estavam descartando como ‘sobras’ ainda eram utilizáveis.

“As fábricas não vendem esse material porque ele não é o seu principal fator de lucro – elas não têm a infraestrutura necessária para isso”, explicou para o WWD.

Ou seja, essa é uma forma de incentivar a reutilização de um material que é considerado ‘lixo’ desde o começo e quebrar a corrente de desperdício que é tão comum no mercado. A prática já é adota por algumas marcas pelo mundo, tendo como uma de suas principais apoiadoras, a label americana Reformation, queridinha de blogueiras e celebridades, que usa apenas tecidos orgânicas, reciclados ou sobras de fábricas em sua produção.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s