Exposição em Roma exalta o trabalho de Azzedine Alaïa

O trabalho de Azzedine Alaïa é tão sofisticado que muitas peças lembram verdadeiras esculturas. Não foi por acaso que a exposição de obras do estilista tunisiano que inaugura neste sábado, 11 de julho, levou o nome Couture/Sculpture. A mostra vai até o dia 25 de outubro na Galleria Borghese, em Roma, contando com oitenta peças que serão dispostas ao lado de esculturas de artistas como Bernini e Canova.    

Alaïa, que hoje tem 75 anos, chegou a estudar escultura quando era jovem, na École des Beaux-Arts em Tunes. Foi para Paris em 1957 e trabalhou como assistente de Christian Dior, Guy Laroche e Thierry Mugler antes de abrir seu próprio atelier. Ganhou fama mundial na década de 1980 ao vestir com suas criaçõs extravagantes ícones como Grace Jones, Tina Turner, Madonna, Janet Jackson e Naomi Campbell. 

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s