Fashion Revolution Day: é dia de repensar a cadeia produtiva da moda

Há exatamente dois anos, o mundo da moda foi abalado por uma das maiores tragédias envolvendo confecções de roupas que já se teve notícia. Um prédio, composto por várias fábricas que produziam para gigantes do mercado, desabou em Bangladesh matando cerca de mil trabalhadores. Até hoje, os culpados pelo acontecimento não foram responsabilizados, mas o evento acabou servindo como impulsionador de uma importante discussão sobre a cadeia produtiva da moda. Uma das iniciativas, o Fashion Revolution Day, convida pessoas a postarem fotos de suas roupas ao contrário – aparecendo a etiqueta – com o intuito de questionar quem está costurando (e em quais condições) as roupas dessas marcas. 

Outro projeto, que surgiu depois do desabamento, é o documentário The True Cost, que você confere o trailer abaixo:

Stella McCartney, estilista conhecida por sua política sustentável e criações eco-friendly, também apoiou o Fashion Revolution Day.

 

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s