Isabel Marant é acusada de plágio

Isabel Marant se envolveu em outra polêmica de plágio, mas dessa vez as peças mudaram de posição no jogo. Após acusar marcas de copiarem o seu design – todo mundo lembra da febre dos tênis com salto embutido, ou as botas-desejo da estilista -, ela que foi acusada de se apropriar de batas de uma tribo mexicana. As mulheres indígenas de Santa Maria Tlahuitoltepec viram na roupa de Marant, mais especificamente em uma bata branca com detalhes em vermelho, características tradicionais de sua cultura, que elas acreditam ser símbolo de sua identidade. Agora, elas entraram com um processo para conseguir reparação de danos. Será que ela copiou ou foi mera coincidência? Veja a comparação abaixo.

Reprodução Reprodução

Reprodução (/)

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s