LVMH e Kering não contratarão modelos abaixo do peso

Conglomerados assinaram documento se comprometendo com o bem-estar das modelos.

Em um passo positivo para a indústria da moda, a Kering (que comanda a Gucci e a Saint Laurent) e a LVMH (dona da Louis Vuitton e da Christian Dior) decidiram parar de contratar modelos abaixo de seu peso ideal, de acordo com o Índice de Massa Corporal, para seus desfiles. As marcas têm recebido cada vez mais críticas por sua conduta durante os castings. Somente neste ano, uma modelo desabafou nas redes pois perdeu um desfile por ser considerada “grande demais”, a Balenciaga demitiu um agente depois de denúncias de maus-tratos às modelos e a diretora de casting da Louis Vuitton foi também acusada em um dos casos. Nessa situação, o nome de Isabelle Caro também veio à tona: a modelo francesa de 28 anos sofria de anorexia e faleceu depois de postar uma foto para chamar atenção sobre a doença.

Essa decisão faz parte da reorganização que as marcas precisam passar para se adequarem às novas leis francesas. Em 2015 o país assinou a legislação que proibia modelos muito magras de trabalharam na indústria fashion, e agora as modelos precisam apresentar atestados de saúde atualizados para trabalhar. As agências que quebrarem as regras podem ser multadas em 89 mil dólares e, em casos extremos, seus diretores podem até mesmo serem condenados à prisão.

Para mostrar seu comprometimento com a saúde das trabalhadoras, os dois conglomerados assinaram uma carta sobre a qualidade do ambiente de trabalho das modelos. O documento também define que as marcas não contratarão modelos menores de 16 anos para posarem como adultas.

Estou profundamente comprometido em garantir que a relação das marcas do grupo LVMH com as agências e as modelos vá além de simplesmente garantir os requerimentos legais. O bem-estar das modelos é de grande importância para nós. Como líderes do setor de luxo, nós acreditamos que é nosso dever estar à frente dessa iniciativa”, contou Antoine Arnault, membro do comitê de diretor da LVMH, em um press-release.

Ambas as marcas irão banir modelos que vestem menos de 34 (na numeração francesa feminina) e menos de 44 (na numeração francesa masculina). A implementação do acordo começará nas próximas semanas de moda e um comitê interno será responsável por monitorar as marcas.

Newsletter Conteúdo exclusivo para você

 

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s