Minimalismo hightech: os desfiles de Issey Miyake e Yohji Yamamoto em Paris

Sempre na lista de apresentações mais aguardadas da temporada parisiense, os designers japoneses iniciaram hoje seus desfiles em Paris, com Issey Miyake e Yohji Yamamoto.

Agência Fotosite Agência Fotosite

Agência Fotosite (/)

Conhecida pela busca e uso de novas tecnologias para a criação de roupas, a Issey Miyake levou Paris para o alto e avante nesta estação. Inspirado nas viagens espaciais, no universo e suas galáxias, o estilista Yoshiyuki Miyamae vestiu suas modelos com botas de couro de solas coloridas, muitos looks de efeitos tridimensionais e padronagens caleidoscópicas arrematadas por uma cartela de cores colorida.

Agência Fotosite Agência Fotosite

Agência Fotosite (/)

Para criar os shapes psicodélicos e futuristas, o designer inovou mais uma vez, desenvolvendo uma técnica de stretch no vapor que deu aos tecidos um efeito ótico e dinâmico. Famoso por incorporar cores vibrantes e muita geometria a suas criações, Yoshiyuki disse à imprensa no backstage da apresentação que a simplicidade foi um dos aspectos mais importantes desta coleção, assim como os novos processos e possibilidades na moda.

Agência Fotosite Agência Fotosite

Agência Fotosite (/)

Mas, mesmo com uma boa opção de tonalidades que vai dos vermelhos e alaranjados ao azul, verde e rosa; o desfile trouxe alguns elementos do universo masculino, visto nos looks com calça de alfaiataria de shapes oversized em preto, bordô e cinza.

Agência Fotosite Agência Fotosite

Agência Fotosite (/)

Se na Issey Miyake o mood boyish foi apenas um toque de charme, para Yohji Yamamoto ele conduziu toda a sua apresentação. Considerado um dos mais cool do calendário fashion, o estilista não decepciona com seu desfile inteiro em preto, branco e cinza.

Agência Fotosite Agência Fotosite

Agência Fotosite (/)

Seu futurismo black vem acompanhando de linhas simples, alfaiataria impecável e produções confortáveis, que prometem fazer sucesso no mundo todo, de Tóquio a São Paulo. Os casacos mais soltos são hits, especialmente quando surgem em versões assimétricas, meio “joguei por cima e entrei na passarela”.

Agência Fotosite Agência Fotosite

Agência Fotosite (/)

A atitude boyish vem quase como um flerte ao punk e rock and roll mas não se engane. Apesar da profusão de camisas, calças de abotoar e sapatos Oxford, os vestidos e saias longas são dignos de mulheres poderosas, que queremos ser já.

Agência Fotosite Agência Fotosite

Agência Fotosite (/)

O jogo entre preto e branco de Yohji é tão bem construído que transmite uma paixão zen japonista, finalizada por ótimas frases aplicadas nos looks que finalizaram o desfile, como “I will be back soon”. Mas enquanto o estilista não retorna, ainda tem Junya Watanabe, Comme des Garçons, Sacai e Junko Shimada para complementar o bloco oriental em Paris. Aguarde!

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s