O mood latino invadiu as coleções de resort internacionais

Atenção, fashionistas: próxima parada, Américas. O mood latino invadiu as coleções de resort internacionais e coloca no radar roupas e acessórios cheios de babados, estampas florais e ginga! O melhor? Nada é literal, embora o figurino de Narcos, Colômbia anos 1980, esteja tomando conta do nosso imaginário.

Na Stella McCartney, por exemplo, a Cuba de Fidel ressurge sem utopia, quase minimalista. Maxiflores aparecem em fundo preto, e a camisaria dá vida a amarrações espertas, que fazem as vezes de drapeados. A alfaiataria masculina também equilibra as peças mais femininas, como em um mambo – a inspiração da estilista, aliás, foram os dançarinos, veja só.

Cuba também é a base da dupla da Proenza Schouler, provando que a ilha está mesmo com tudo – os editoriais de moda, a cartela Pantone e a cultura de rua vêm sendo cada vez mais influenciados por ela desde que a aproximação com os Estados Unidos passou a ser sinalizada (para ter uma ideia, as viagens dos EUA para Cuba cresceram 360% desde dezembro de 2014, e as músicas de Kanye West convivem com carros vintage e aplicativos modernos – Facebook, WhatsApp e Skype são os mais populares).

Nas mãos de Lazaro Hernandez e Jack McCoullough, mais uma vez, nada é óbvio, figurino de série: os babados aparecem ao lado de assimetrias, em looks monocromáticos, e as estampas tropicais ganham silhuetas retas. O jogo de opostos, acredite, não é uma mera coincidência e faz toda a diferença quando se trata de levar uma inspiração de alma over a um guarda-roupa contemporâneo.

Tommy Hilfiger foi outro designer a sinalizar o seu amor pelos latinos, fazendo homenagens em toda a sua coleção, como as estampas, que remetem aos mares caribenhos, o mood navy e os tops, que ecoam cartazes antigos de Havana – isso sem falar no tom de caramelo.

Mas o continente é vasto e as referências também passam pelo Panamá (Altuzarra) e até pelo nosso Rio de Janeiro, a locação escolhida pela dupla da Marques’Almeida para clicar suas fotos e dar vida também às roupas.     

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s