Onde encontrar o mom jeans perfeito?

O shape afrouxou, o corte fcou reto e o cós tornou a subir. A temporada de inverno 2016 mandou o recado e podemos afrmar que o mom jeans voltou. Sim, o modelo que fez sucesso com as mamães nos anos 1980 e 1990 está na moda outra vez. Mas a pergunta é: Se não tivermos esse patrimônio fashion guardado nos armários da família, onde podemos comprá-lo? Algumas grifes já começaram a vender o clássico em versões atualizadas (um pouco mais ajustado), mas as lojas vintage são o mapa da mina para encontrar a peça da vez. 

Em São Paulo, a À La Garçonne, de Fábio Souza e Alexandre Herchcovitch, tem espaço garantido para o modelo no acervo garimpado. Nas araras da loja comandado pela dupla no bairro de Pinheiros estão opções especiais, das mais tradicionais até as com acabamento destroyed, vindas de diversas partes do mundo e prontas para serem usadas. 

O mom jeans é o que eu mais vendo no momento. Acredito que seja mesmo por causa desse ferte que temos hoje com os anos 1990

O B.Luxo, brechó queridinho de muitos fashionistas paulistanos, também reservou um cantinho só para a tendência. Com a quantidade de interessados no produto crescendo, a loja de Paula Reboredo e Gil França, na Rua Augusta, concentrou todos os jeans em uma gôndola para você conseguir garantir o seu achado. Vale conferir o que entra no acervo semanalmente, já que os mom jeans saem rapidinho das prateleiras para os closets de suas novas donas. 

Na mesma rua, mas no sentido central da cidade, o Frou Frou, brechó de Giovanna Belucci, está aberto desde 2007. Além de comprar peças durante suas viagens, ela também dá um tratamento especial de restauro e modernização a muitas delas. Então, se você encontrar um modelo mais largo, por exemplo, é possível ajustá-lo. “O mom jeans é o que eu mais vendo no momento. Acredito que seja mesmo por causa desse ferte que temos hoje com os anos 1990”, afrma. 

Leia mais: Será o fim do skinny jeans?

Se você estiver de malas prontas para o exterior, comece a anotar as dicas. Em Los Angeles, o hotspot é o Chuck’s Vintage, localizado na Melrose Avenue. Entre camisetas
com estampa western, roupas antigas de mood militar e vestidos longos de inspiração vitoriana, está uma ala de denim poderosíssima. Com jeito de museu, a butique dos parceiros de vida e negócio Chuck e Madeline Harmon é famosa por seus clientes estrelados, como o cantor Morrissey.

Divulgação Divulgação

Divulgação (/)

Fachada do Chuck’s Vintage

Caça ao tesouro

Ainda em LA, outro casal se destaca no comércio de achados, fazendo curadoria dessa e de outras trends. Miss Fox e Jef Garza comandam juntos a Foxhole. Dizem que a prospecção de itens é fruto de muito pé na estrada e que sempre acabam encontrando tesouros perdidos e esquecidos. “O jeans sempre será cool, e é incrível quando voltamos a usar algumas fases mais antigas dele”, diz Fox, em sua loja que funciona no número 3 318 da famosa Sunset Boulevard. 

Do outro lado do Atlântico, na Absolute Vintage, em Londres, cabides e mais cabides também aguardam por clientes que queiram o modelo da calça. A marca de Jenny Anderson começou apenas como uma das vendinhas do colorido mercado de Portobello, no bairro de Notting Hill, mas cresceu e hoje conta com um ponto de venda na Commercial Street e uma fagship na Hanbury. Sempre antenada está a Beyond Retro, sonho de consumo para os apaixonados por vintage. Inaugurada há 13 anos, conta com nove lojas ao todo, sendo quatro delas localizadas no Reino Unido e cinco na Suécia. 

Divulgação Divulgação

Divulgação (/)

Na foto acima, arara do Beyond Retro.

Para quem está atrás da tendência, Scarlet Eden, uma das compradoras de toneladas de peças que abastecem a loja, indica especifcamente o ponto no Soho, no centro de Londres, abarrotado pelo tecido. “As pessoas sempre estão atrás de um bom par de jeans que dure a vida inteira. O denim vintage é um bom exemplo de algo que se mantém usável por gerações”, avisa. Quem estiver em qualquer outra parte do globo não precisa se preocupar. A etiqueta tem um e-commerce que envia as peças para todos os lugares do mundo. 

Se o garimpo virtual é a sua praia, novos brechós não param de crescer em diferentes plataformas. Com vendas feitas exclusivamente online, o brasileiro Bananas Vintage é um desses exemplos. Criado por Júlia Schindler há três anos, apresenta seus produtos com vibe hipster em fotos do Instagram. Basta escolher e mandar o pedido com a facilidade de um clique. 

Divulgação Divulgação

Divulgação (/)

Mom jeans à venda no Bananas Vintage

Outro novo hype das redes é a dupla Vinícius de Liz e Rebeca Oksana, jovens por trás da Boutique São Paulo. Entre a criação de peças próprias e a curadoria de um acervo, eles também vendem o modelo do momento por meio da loja virtual. Cada peça nova é divulgada pelo Insta, “embalada” em posts com estética cool e ultrajovem. Novas tecnologias a serviço de um pouquinho de nostalgia. 

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s