Por que básicos um pouco mais caros são bons investimentos

Pode parecer loucura pagar mais de R$ 150 em uma camiseta branca, mas algumas marcas especializadas têm uma boa explicação para isso.

A história de uma menina cansada de procurar por roupas básicas com bom caimento – e preço acessível – e que acabou lançando sua própria marca é muito batida no mundo da moda. Várias labels nasceram desse desejo e não foi diferente com a Uniforme, nome que está despontando lá fora por causa de suas camisas brancas, que, de acordo com sua criadora, Alice Wang, são as peças perfeitas para quem está atrás das características citadas acima.

O único “porém” da maioria dessas marcas é que, quase sempre, o preço não é tão acessível assim, principalmente quando comparados a opções similares em lojas de fast fashion (o preço médio das peças da Uniform é de 300 dólares, por exemplo). Então, por que valeria a pena investir em um produto oferecido por elas? A primeira resposta que nos vem à cabeça é a qualidade. E ela é realmente a mais chamativa na hora de escolher entre uma opção de 30 reais e uma de 150 reais.

As camisas da Uniforme, por exemplo, são feitas em Nova York, a produção é pequena, as costuras são francesas e redobradas, o algodão é egípcio e os botões são feitos com madrepérolas australianas. A designer garante que elas ficam ainda melhores com o tempo, o que faz com que a vida útil da peça aumente bastante. Ou seja, você não vai precisar gastar novamente para substituir aquela camisa que desgastou após algumas lavagens.

Divulgação Divulgação

Divulgação (/)

Alguns outros fatores também aumentam o preço de uma roupa feita por uma empresa pequena e especializada. O custo da modelagem, o valor pago para os trabalhadores e a estrutura do local, por exemplo. No fundo, a garantia de que o seu produto está sendo feito de forma ética e com funcionários recebendo boas condições de trabalho vale muito mais a pena. Para isso, é necessário criar o hábito de pesquisar sobre as marcas antes de comprar.

Conheça duas opções brasileiras de marcas especializadas no básico:

Banditee: Ela faz peças unissex, sem estampas para que elas sejam usadas repetidamente em looks diferentes. “A Banditee surgiu da minha necessidade de encontrar camisetas lisas e com shape amplo, com tecido de alta qualidade, que nunca consegui encontrar no mercado,” explica Nathalie Esses, o nome por trás da marca. A linha ECO é certificada pelo Instituto Ecotece, organização não-governamental que visa mão-de-obra justa e sem exploração, integrando socialmente famílias da periferia de São Paulo.

Divulgação Divulgação

Divulgação (/)

Básico: Conhecimentos de alfaiataria são usados para desenvolver modelagens atemporais e com caimento impecável. Eles começaram com camisetas e, hoje, usam os melhores materiais para criar vestidos, camisas, bermudas e outras peças básicas.

Divulgação Divulgação

Divulgação (/)

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s