Seis modelos que ajudaram na luta pela quebra de padrões em 2015

Não há dúvidas de que ainda há muito pelo que se lutar, mas, em 2015, alguns setores da indústria da moda abriram as portas para pequenas mudanças que indicam que algo muito maior pode estar por vir. Uma das modelos de maior destaque do ano foi Ruth Bell (acima). Ela raspou os fios para emplacar uma campanha da marca Alexander McQueen e, depois da mudança de visual, passou a ser queridinha de vários estilistas mundo afora.

1. Pela primeira vez, a Victoria’s Secret permitiu que a modelo Maria Borges desfilasse com seu cabelo natural – em edições anteriores, colocaram apliques longos e lisos na angolana. 

Getty Images Getty Images

Getty Images (/)

2. Ainda falando de cortes de cabelo, o rosto da temporada de inverno do último SPFW foi Ari Westphal. Em entrevista à ELLE, ela contou que por anos alisou os fios, que costumava usar compridos. Por um erro do cabeleireiro, entretanto, acabou adotando o visual abaixo que conquistou tanto desfiles nacionais quanto internacionais. Lá fora, aliás, contou que poucas marcas mexeram em seu cabelo e que respeitar a natureza das madeixas das modelos é uma tendência forte.

Agência Fotosite Agência Fotosite

Agência Fotosite (/)

3. A dominicana Lineisy Montero foi recordista de desfiles na NYFW e ainda emplacou a campanha da Prada. O cabelo bem baixinho, fugindo do estereótipo de modelos da Victoria’s Secret, é uma de suas características marcantes. Em entrevista à revista i-D, disse que seu cabelo nunca foi uma questão importante em sua vida, mas que se ele está ajudando a abrir portas na indústria, fica muito feliz.

Getty Images Getty Images

Getty Images (/)

4. Andreja Pejic já faz barulho há alguns anos, mas em 2015 virou a primeira modelo transgênera a estrelar uma grande campanha de beleza. Para completar, ainda criou alguns produtos em parceria com a Make Up Forever.

Reprodução Reprodução

Reprodução (/)

5. Modelos que fogem do padrão magro até aparecem em uma campanha ou outra que não fazem parte do mercado conhecido como plus size, mas em desfiles suas aparições são muito mais raras. Neste ano, porém, Candice Huffine estreou nas passarelas da marca Sophie Theallet. Nada de coleções especiais, ela fez parte do casting como qualquer outra modelo. 

Getty Images Getty Images

Getty Images (/)

 

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s