Essa foi a peça usada por Michelle Obama em seu retrato oficial

A inspiração da designer foi a geometria, mas a artista que pintou o quadro vislumbrou algo a mais no vestido.

Durante seus oito anos na casa branca, designers como Derek Lam, Zac Posen e Prabal Garung tiverama chance de vestir Michelle Obama.

Leia também: Tracee Ellis Ross explica por que Michelle Obama é tão importante

Mas, na segunda-feira, a co-fundadora e diretora criativa da Milly, Michelle Smith, teve talvez uma das honras mais históricas até hoje: criar o vestido do retrato oficial da ex-primeira dama. O quadro foi exibido na segunda-feira na Smithsonian National Portrait Gallery, em Washington, D.C.

O retrato oficial de Michelle Obama  (Divulgação/Divulgação)

“Eu fiquei tocada por ser capaz de criar uma peça tão especial para uma mulher tão inteligente e influente, que também reflete muita confiança, beleza, compaixão e doçura”, contou Michelle Smith para a ELLE.com

O croqui do vestido da Milly (Divulgação/Divulgação)

Ela criou o vestido a partir de uma peça de sua coleção de verão de 2017, mas com mudanças sutis. “Eu usei o mesmo algodão e a estampa minimalista geométrica para criar algo mais conservador e moderno”, contou. Na nova versão, o modelo ficou mais acinturado com uma saia mais fluida. “O resultado é um formato minimalista, mas com detalhes de renda e drapeados. Eu quis criar um vestido que refletisse a personalidade de Obama — confiante e direta, mas ainda assim acessível.”

Veja também

Não é a primeira vez que Michelle usa uma peça da designer — ela sempre estava no radar de Meredith Koop, a antiga estilista da ex-primeira dama. Recentemente, ela também usou uma blusa da Milly em seu último dia na Casa Branca.

A artista que fez o retrato, Amy Sherald, também falou sobre suas inspirações para o momento: “o desenho geométrico me lembrou do artista holandês Piet Mondrian. Mas o design da Milly também me lembrou dos quilts das mulheres de Gees Bend, um remota e pequena comunidade negra no Alabama, onde eles fazem lenços em formas geométricas, transformando restos de tecidos e roupas em obras de arte.”

O quilt das mulheres de Gees Bend  (Divulgação/Divulgação)

Ela finalizou elogiando Michelle: “o fato dela ser seu eu autêntico é um statement profundo que empodera todos nós. Porque o que você (Michelle Obama) representa para esse país é um ideal. Um ser humano com integridade, intelecto, confiança e compaixão. E as pinturas que eu crio querem expressar esses atributos — uma mensagem de humanidade.”

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s